Também pode lhe interessar:

In-feed

Quais os erros comuns que devemos evitar na vida?

Quais os erros comuns que devemos evitar na vida?

A verdadeira vida é um aspecto em movimento e mudança. Por isso temos tempo para crescermos e aprendermos com nossos erros e experiências, nos tornando mais inteligentes, fortes, saudáveis, com menos preocupações com o próprio ego e mais foco com a autodisciplina.

Como você se sente em relação aos erros comuns que devemos evitar na vida?

Culpar os outros por sua vida. 

Não importa o quanto eles o pressionaram ou o quanto o forçaram, a escolha ainda era sua no final. Você não ganha nada apontando o dedo.

Esperando por um sinal. 

Não haverá sinais claros. Ou melhor, tudo pode ser um sinal se você apenas olhar da maneira certa.

Baseando-se na motivação

Pense em quantas vezes você se sente motivado. Quanto você pode fazer com apenas esses dias? É realmente algo em que você quer apostar seu futuro?

Ficar comprometido, não importa com o quê

Mantenha a mente aberta, porque as coisas mudam. Ficar preso a um caminho pode ser bom enquanto for compensador, mas não tenha medo de mudar a rota quando chegar a hora.

Ficar preso nas falhas. 

Então você estragou tudo. Acontece. Aceite isso e volte de onde você parou. Continue a partir dali.

Definindo-se de maneira muito restrita. 

Você é mais do que aparenta; sempre. Falhas, erros e problemas de sua vida não definem você. Eles são apenas uma pequena parte de tudo o que você é.

Ficar com as pessoas erradas. 

Se eles fazem você se sentir pior depois de passar um tempo com eles, é muito simples e claro: AFASTE-OS DA SUA VIDA!

Fazendo coisas erradas. 

O mesmo acima se aplica a hobbies e atividades. Se você não ganhar nada com a atividade, mesmo que seja somente o prazer de praticá-las, pare de fazê-las.

Não aprendendo mais. 

O progresso não é uma característica inata da vida. Para continuar crescendo, você deve investir tempo e esforço nisso. Caso contrário, você ficará para trás.

Estar com muito medo. 

Muitas vezes, você se arrepende das coisas que você não teve coragem de fazer, e não das coisas que fez ou dos erros resultantes dessas coisas. Tome coragem e vá em frente. Talvez seja essa a escolha que mude tudo!

Esperar que as coisas continuem iguais sem nenhum esforço.

Relacionamentos, amor, trabalho, sucesso e felicidade requerem um esforço consistente e diário. Se você não dedicar seu tempo, não se surpreenda se elas não permanecerem na sua vida.

Esperando algo por nada. 

Quanto maior o pedido, maior o preço. E você sempre tem que pagar adiantado. Lembre-se disso antes de esperar que algo aconteça para você.

Não se olhando primeiro. 

O que você não fez? O que você poderia ter feito melhor? Você está realmente dando tudo de si? É realmente isso? Olhe para isso primeiro, antes de sair por aí apontando o dedo para a sua situação ou para as pessoas ao seu redor.

Sonhar muito pequeno. 

Sonhos pequenos não inspiram e você não trabalhará tanto por eles. Para começar, o esforço inicial é o mesmo. Então sonhe grande. Sonhe honestamente. E de dedique ao seu sonho para alcancá-lo. Depende de você.

Mentindo para si mesmo. 

Você quer o que você quer e você fez o que fez. Mentir para si mesmo sobre isso não faz com que as coisas sejam diferentes.

Evitando responsabilidade por sua própria vida. 

No final de sua vida, você vai olhar para trás e pensar se foi uma vida boa. Não importa quantas coisas você fez, o que outras pessoas queriam que você fizesse, nem quantas pessoas você impressionou se você mesmo não ficou feliz com o resultado. 

Viva um pouco mais por você e assuma a responsabilidade por sua vida. Demonstre amor por quem merece. Ame e se deixe ser amado. Você só pode ter esta vida. Faça valer a pena!

Busca pelo Autoconhecimento

Conhecer a nós mesmos - compreender verdadeiramente quem somos - não é nada fácil. É verdade que se permanecermos no escuro sobre nossas preferências naturais, nossas principais forças e fraquezas, nossos valores e nossas esperanças para o futuro, acharemos muito difícil viver uma vida coerente e gratificante . Acima de tudo, perderemos o controle: se não compreendermos nossas motivações e medos básicos, seremos sacudidos por nossas emoções como pequenos navios à deriva em um mar agitado. Governados por forças que permanecem incompreensíveis para nós.

Podemos, é claro, contar com a ajuda de outras pessoas, como terapeutas, analistas e treinadores, em nossa busca para dar um sentido melhor a nosso passado e presente. Trabalhando com transferência ou fazendo-nos perguntas desafiadoras que nos encorajam a ver nossos problemas de uma nova perspectiva, eles podem transformar nossas narrativas negativas sobre nós mesmos em outras mais gentis e produtivas. 



Comentários

In-feed

Também pode lhe interessar:

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo: Como fazer sabão em casa

Banana Roxa: Você conhece?

Os 10 Peixes mais bonitos do Mundo

O fascínio da Lua...

Alongamentos: exercícios para aumentar a flexibilidade muscular que possibilita ampliar e agilizar qualquer movimento corporal

Víbora Rinoceronte (Bitis nasicornis)