Também pode lhe interessar:

In-feed

Borboleta 88 (Em Extinção)

O desenho de suas asas responde ao seu nome popular, borboleta 88. Este número está "impresso" em sua silhueta, como se alguém o tivesse escrito.

Borboleta 88 (Em Extinção)

Com média de 6 centímetros de envergadura, pode-se considerá-la de porte pequeno. Costuma voar em locais abertos e bem iluminados.

Borboleta 88 (Em Extinção)

Infelizmente, em função da destruição de seu habitat natural (leia-se sobretudo a mata atlântica), sua frequência vem diminuindo sensivelmente na natureza (sem falar na sua caça).

Borboleta 88 (Em Extinção)

Alimentação da Borboleta 88

Alimenta-se de frutos que geralmente caem das árvores e sais minerais e tanbém de estrume.

Borboleta 88 (Em Extinção)

Reprodução da Borboleta 88

Para que não falte alimento as pequenas lagartas, a fêmea põe ovos isolados na planta-alimento. Ao completar seu ciclo nesta superfície, se transforma em crisálida (estágio intermediário entre a fase lagarta e borboleta).

Borboleta 88 (Em Extinção)

Distribuição Geográfica e Habitat da Borboleta 88

Na costa brasileira onde a Mata Atlântica ainda é preservada e no cerrado (maior bioma do País, que abrange oito estados (Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e Distrito Federal).

Borboleta 88 (Em Extinção)

Ciclo da vida da Borboleta 88

Os ovos em comum com os de outras espécies de Diaethria são esbranquiçados e altamente esculpidos. Eles são colocados individualmente na parte inferior das folhas de Trema(Ulmaceae), próximo à nervura central. A larva é verde, com uma textura ligeiramente áspera e apresenta um par de pontas curtas no segmento anal. 

A cabeça carrega um par de espinhos espiralados muito longos. A larva habitualmente repousa na superfície superior de uma folha, com os segmentos torácicos elevados e a cabeça comprimida contra o substrato, fazendo com que os espinhos se projetem para cima. 

Se molestada, a larva se contrai violentamente, balançando a cabeça defensivamente de um lado para o outro para espantar predadores ou parasitóides. A crisálida é suspensa pelo cremaster de uma folha ou caule. É verde, com quilha dorsal e palpos salientes.
Borboleta 88 (Em Extinção)

Comportamento da Borboleta 88

Ambos os sexos são atraídos por frutas podres. Os machos são fortemente atraídos pela areia encharcada de urina e também absorvem minerais dissolvidos do solo úmido, superfícies de estradas e paredes rochosas. São borboletas muito ativas, facilmente perturbadas e raramente se acomodam por mais de alguns segundos de cada vez em um local, mas retornam repetidamente ao mesmo pedaço de solo.

Eles geralmente são vistos em dois ou três, mas às vezes se reúnem em grande número em locais favorecidos. Eles são comumente encontrados nas proximidades de habitações humanas, por exemplo, nas margens de rios perto de molhes, em locais onde a roupa é lavada, em solo coberto de cinzas em locais de fogueiras e em manchas de solo descoberto contaminadas com urina.

Quando não estão se alimentando, os machos empoleiram-se na superfície superior das folhas a uma altura de cerca de 2-3 m, aguardando a passagem das fêmeas. Eles também comumente empoleiram-se voltados para baixo, em paredes ou troncos de árvores.

Pouco antes do pôr do sol, os machos costumam se aquecer com as asas quase totalmente abertas, na folhagem das árvores e arbustos, antes de finalmente se recolherem sob uma folha onde passam a noite, protegidos da chuva.

Borboleta 88 (Em Extinção)









Comentários

  1. Ótima matéria valeu, muito importante!

    ResponderExcluir
  2. Eu fotografei uma dessas no rancho certo dia. Coisa linda!
    http://instagram.com/p/HLL4c_ksD9/

    ResponderExcluir
  3. Aparece algumas vezes numa chácara em São Roque!

    ResponderExcluir
  4. Já vi várias vezes aqui em casa, Içara SC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou de Içara-SC e já vi também principalmente na roça.

      Excluir
  5. eu a vi aqui na chacara do lado de sao caetano muito linda

    ResponderExcluir
  6. Sempre nas trilhas em Cotia a vejo !! Linda demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha poder ver essas belas borboletas com frequência. Elas são lindas mesmo!!! Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  7. Essa semana fotografei uma na Aricanduva, zona leste/SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que show, hein? Se quiser que a foto seja incluída nesta postagem, envie para contato@vocerealmentesabia.com
      Abraço!

      Excluir

Postar um comentário

In-feed

Também pode lhe interessar:

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo: Como fazer sabão em casa

Os 10 Peixes mais bonitos do Mundo

Banana Roxa: Você conhece?

Alongamentos: exercícios para aumentar a flexibilidade muscular que possibilita ampliar e agilizar qualquer movimento corporal

O fascínio da Lua...

Víbora Rinoceronte (Bitis nasicornis)