Também pode lhe interessar:

In-feed

Os pequenos passos para o sucesso

Os pequenos passos para o sucesso

Quantas vezes você planejou fazer uma mudança? Você começa com grande empolgação e entusiasmo. Talvez ingressar em uma academia e se comprometer com um rigoroso plano de exercícios pessoais? Ou decidir desistir de comer fast food, café e álcool de uma só vez? Talvez seja no local de trabalho? A decisão de terminar o trabalho no prazo, limpar sua caixa de entrada de e-mails ou arranjar tempo para começar o curso que adquiriu há seis meses? Então, sem motivo aparente, tudo desmorona. Ou você nunca vai além da ideia inicial, você empaca ou desiste. Encontrando-se de volta à estaca zero novamente.

Sim! Tenho certeza de que todos nós já passamos por isso em nossas vidas. Em vez de tornar as coisas mais fáceis para você, você parte com grandes e inalcansáveis metas, em vez de começar com pequenos passos. Isso é mais ou menos como decidir enfrentar o Monte Everest como sua primeira tentativa de escalar uma montanha. Provavelmente não é uma ótima receita para o sucesso.

Vejo isso acontecer com frequência e uma das principais razões é que as pessoas começam com objetivos irrealistas. Além disso, eles falham em ser consistentes. Sim, todos nós sabemos que consistência é a chave do sucesso. Se isso lhe parece familiar, continue lendo para descobrir como pequenos passos o ajudarão a aumentar seu nível de consistência.

Como uma formiga come um elefante?

Acho que todos nós sabemos a resposta para isso - uma mordida de cada vez, certo? Este simples ditado pode ser aplicado a qualquer meta que você deseje alcançar. Então, vamos considerar isso em relação a como lidamos com a vida.

Estamos programados para nos manter seguros e confortáveis ​​a todo custo, o que significa que mudança é significado de perigo e apreensão. Nossos sinais de alarme internos tocam sempre que as mudanças ocorrem em nossas vidas. Para ajudar a entender isso, vamos considerar o que acontece em uma sala com ar-condicionado quando você abre a porta em um dia quente. Se a temperatura na sala é de 22 graus, mas a temperatura externa é de 32 graus, no início, a temperatura da sala ficará mais quente. No entanto, o aparelho de ar condicionado tem uma função específica a fazer. Para trazer a temperatura de volta ao nível programado, certo? Então o ar condicionado começa a trabalhar mais forte, consumindo mais energia para tentar voltar a temperatura da sala para 22 graus.

Mudanças emites sinais de perigo para seu relógio interno.

Isso é o que acontece quando você decide mudar. Ainda mais quando você embarca em um programa que envolve grandes compromissos de tempo e energia. Quando você começa a se exercitar, digamos, quatro dias por semana a partir de uma base zero, ou corta todas as comidas e bebidas não saudáveis ​​de uma vez, seu relógio interno, que é projetado para mantê-lo seguro e manter o 'status quo', funciona ao contrário para fazer as coisas voltarem ao 'normal'. A propósito, seu normal atual é exatamente o que você está tentando se afastar. No entanto, seus mecanismos internos desejam manter a situação atual.

Seu subconsciente sabota seus objetivos

Além disso, seu subconsciente, a parte que comanda sua vida, tem muitos programas que sabotam seus objetivos. A menos que receba instruções muito claras, ele simplesmente funcionará a partir do que já conhece. Ignorando quais são seus objetivos. Ele quer mantê-lo da forma que era antes, a todo custo. Essa é outra razão pela qual você pode não alcançar o sucesso que deseja. Por isso, que pequenos passos são necessários para criar bases sólidas no caminho da sua meta.

Vejamos um exemplo de treinamento para uma corrida de 5 km. Se você está começando do zero, é melhor começar como a formiga com o elefante. Comece pequeno, mas seja consistente. Mesmo que pareça super fácil e não muito desafiador, esta é a maneira de garantir seu sucesso a longo prazo. Além disso, é melhor se comprometer com o treinamento duas vezes por semana e ter sucesso. Caso contrário, você pode definir uma meta muito alta no início e desistir após três semanas. Se achar que a sua meta inicial e cautelosa está realmente muito fácio, você pode adicionar sessões extras, se desejar. Isso significa que qualquer coisa a mais é um bônus. Além disso, começar com um desafio fácil não sobrecarrega sua já grande lista de tarefas pendentes.

Ganhos rápidos ajudam você a confiar em si mesmo. Isso cria crença e inspira você a continuar. Além disso, ao programar as sessões em sua agenda e tratá-las como se fosse uma reunião de negócios, você aumenta suas chances de sucesso. Depois de algumas semanas, com pequenas vitórias regulares, você pode aumentar a intensidade e a frequência de seus treinos.

Onde mais você pode usar essa filosofia?

A resposta está em cada objetivo que você deseja alcançar, seja em atividades pessoais, negócios ou projetos de trabalho. Todos nós sabemos o que precisamos fazer, mas não o fazemos. Cada pequeno passo que você dá, cada mordida que você dá torna o elefante menor e o objetivo parece menos difícil. Começando devagar e depois de fazer isso de forma consistente por algumas semanas, aumente a duração e a intensidade.

Continue e siga o processo por tempo suficiente até que se torne uma parte normal de sua rotina diária. Não existe uma regra fixa sobre quanto tempo se leva para criar um hábito, no entanto, pesquisas recentes sugerem algo em torno de 2 meses a um ano. Isso significa que realizar grandes coisas exige disciplina, comprometimento, trabalho árduo e consistência.

Pequenos passos ajudam a mover seu relógio interno lentamente na direção certa

O resultado final de dar pequenos passos consistentemente é que isso ajuda a mover o relógio interno. Lenta e seguramente fechando a lacuna entre onde você está agora e a meta que deseja alcançar. Você fecha a lacuna entre quem você é agora e a pessoa que você precisa se tornar para conseguir o que deseja. Mesmo que o progresso pareça terrivelmente lento, isso é fundamental para o seu sucesso. Além disso, abrace a jornada com uma intenção de bondade e paciência para consigo mesmo. Se você falhar, não é realmente sobre o fato de que você estragou tudo, mas como você reage a isso. Gentilmente, faça um plano para voltar aos trilhos em 24 horas.

Em última análise, você precisa provar a si mesmo que é confiável e pode fazer as coisas que sabe que deve. Ações consistentes repetidas diariamente que compõem a soma total de seu objetivo. Certifique-se de comemorar e reconhecer todas as suas pequenas vitórias. Além disso, quando você reconhece cada pequena vitória, seu cérebro lhe envia uma injeção de serotonina. Isso ajuda você a se sentir mais confiante, aumenta a autoestima e impulsiona o momento. Ingredientes-chave para sua própria mentalidade para o sucesso.

De grão em grão a galinha enche o papo

Lembro-me de quando criança ouvia a frase acima com frequência. Embora eu não ache que realmente tenha entendido isso quando criança, ela me deu uma lição importante em relação ao dinheiro. Da mesma forma, se você se concentrar em adicionar pequenos passos, os centavos, os quilos ou os resultados a longo prazo aumentam. Agora, como adultos, entendemos isso como o poder dos juros. Grandes coisas acontecem com um objetivo claro, compromisso e ação intencional. Se você continuar, por menor que seja cada passo, os resultados se tornarão aparentes.

Pequenos passos dados consistentemente resultam em realizações surpreendentes.

Então, a única pergunta que resta é se perguntar o que você deseja alcançar? De quais objetivos você desistiu, estagnou ou deixou escapar? Reconecte-se com a meta, divida-a e decida os primeiros pequenos passos necessários para prosseguir. Tome uma atitude e continue. E se você continuar e persistir por tempo suficiente, poderá ter a sorte de colher os frutos de seus esforços.



Comentários

In-feed

Também pode lhe interessar:

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo: Como fazer sabão em casa

Os 10 Peixes mais bonitos do Mundo

Banana Roxa: Você conhece?

Alongamentos: exercícios para aumentar a flexibilidade muscular que possibilita ampliar e agilizar qualquer movimento corporal

O fascínio da Lua...

Víbora Rinoceronte (Bitis nasicornis)