Também pode lhe interessar:

In-feed

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

A aranha-camelo é um prodígio dentro da sua espécie, o que leva a inúmeras confusões.

Não é uma aranha e é denominada de “escorpião do vento”, mas também não é classificada como um escorpião.

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

Constitui uma espécie diferente de artrópodes que não são venenosas nem têm a capacidade de tecer teias.

Ela aproxima-se mais do escorpião, pois não faz teias. É da ordem Solifuge.

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

Por ser veloz, deu-se-lhe o nome de “aranha vento”.

Esta velocidade destina-se a superar todo o tipo de aves de rapina e de lagartos e roedores que a vejam como uma presa.

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

Habitat da Aranha-camelo

A aranha-camelo encontra o seu habitat em zonas áridas e desérticas, quentes e secas, como desertos e savanas, daí a referência ao camelo, no seu nome vulgar. 

Apesar de viver principalmente nos grandes desertos, pode ser encontrada em lugares quentes de quase todo o mundo.

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

Não existe na Austrália nem nos lugares frios. Tem habitat no Médio Oriente e nas regiões desérticas dos EUA e do México.

A aranha camelo aproveita os pelos dos camelos para forrar e aquecer a sua toca. Esconde-se debaixo de pedras e em tocas abandonadas de outros animais, cavando, por vezes, a sua própria toca.

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

Características da Aranha-camelo

O seu tamanho médio é de cerca de 10 centímetros, com uma perna de cerca de 5 centímetros. É reconhecida como com a capacidade de atingir longas distâncias, velozmente. 

Ela é bastante rápida e com hábitos noturnos, caçando, principalmente, à noite quando o sol está mais baixo, para não sofrer um superaquecimento.

Sendo muito rápida, a aranha-camelo realiza movimentos bruscos, o que torna a sua captura numa missão deveras difícil, subindo em árvores e em muros altos.

Aranha-Camelo ou Escorpião do Vento

Alimentação da Aranha-Camelo

Alimenta-se de lagartos e de invertebrados. Referiu-se erradamente que ela se alimentava de camelos, contudo, na verdade, ela aproveita-se dos seus cadáveres para se esconder e atacar as presas que fazem parte da sua alimentação, que se aproximem. A aranha-camelo esmaga as suas vítimas aos pedaços e sorve o seu líquido.

Mitos e rumores

Por muitos anos, os rumores do Oriente Médio pintaram as aranhas-camelo como grandes predadores venenosos, tão rápidos quanto um humano correndo, com um apetite voraz por grandes mamíferos. 

Os mitos são falsos. Essas criaturas na verdade não comem estômagos de camelos ou soldados adormecidos, e não são tão grandes - mas a verdadeira aranha-camelo ainda é um predador incrível.

A história de desinformação da aranha camelo começa com uma identificação incorreta. As aranhas-camelo nem mesmo são aranhas. Como aranhas, eles são membros da classe Arachnida, mas na verdade são solpugídeos.

Tamanho e velocidade

As aranhas-camelo, também chamadas de escorpiões do vento e solpugídeos gigantes egípcios, têm apenas cerca de 15 centímetros de comprimento. Fotos que pretendem mostrar criaturas seis vezes esse tamanho têm perspectiva enganosa - a aranha é invariavelmente colocada em primeiro plano, onde a lente a faz parecer muito maior do que seu tamanho real. 

É verdade que eles são rápidas. A aranha-camelo é efetivamente tão rápida como revelam as imagens. Fazendo uso de quatro pares de patas muito ágeis, este aracnídeos podem alcançar velocidades até 16 quilómetros por hora..

Relação com o Homem

A aranha-camelo tem uma picada dolorosa para o homem, porque possui uma garra afiada, mas não é venenosa. 

Não ataca humanos, a não ser que provocada. Como não tem veneno, não é mortal para o homem, apesar da dor da picada.

Aventura-se em barracas ou ao redor das lareiras, pois é atraída pela luz durante a noite. Tem também o estranho hábito de seguir os passos de pessoas que se deslocam de um lado para o outro. Daí se criou o mito de que elas perseguem os seres humanos.





Comentários

In-feed

Também pode lhe interessar:

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo: Como fazer sabão em casa

Banana Roxa: Você conhece?

Os 10 Peixes mais bonitos do Mundo

Borboleta 88 (Em Extinção)

O fascínio da Lua...

Aranha caranguejeira Ravine