Também pode lhe interessar:

In-feed

Dingiso - um canguru diferente - Dendrolagus mbaiso

Imagine um pequeno  que vive em árvoresO dingiso tem um padrão distinto de  pele, tem uma barriga clara, e uma cabeça escura, costas e pernas. 


O animal, que reside nas florestas montanhosas da Nova Guiné, cresce até 76 centímetros de comprimento, possui uma longa cauda, posteriores bem desenvolvidas e um hábito de se mover tanto nas suas patas traseiras, ao mesmo tempo em um andar de salto, assim como os grandes cangurus australianos que estamos todos familiarizados.
O dingiso ostenta unhas curvas e almofadas estofadas revestidas com pele áspera em seus pés grandes, que lhe permitem obter um controle sobre troncos de árvores e ramos, onde ele usa sua longa cauda para se equilibrar enquanto sobe. 
Tal como o canguru, o dingiso fêmea tem uma bolsa em seu abdômen, onde passeia armazena os filhotes e passeia com eles, além de amamentá-los com leite de um dos seus quatro seios. Infelizmente, seus números estão em declínio devido à perda de habitat , os caçadores e uma baixa taxa de natalidade.
Descoberto  em 1994, o dingiso (Dendrolagus mbaiso) é um canguru de árvore, um grupo de animais que, assim como seus parentes conhecidos na Austrália, têm caudas longas, quartos traseiros bem desenvolvidos e movem tanto as patas traseiras, ao mesmo tempo em uma marcha distintiva .
O nome científico do dingiso é derivado de duas palavras gregas: dendron que significa árvore e lagos que significa lebre. A última palavra veio de cientistas europeus no século 19, que, enquanto navegavam pela região, provaram a carne de um canguru de árvore e acreditavam ser uma reminiscência da carne de lebres.


Comentários

In-feed

Também pode lhe interessar:

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo: Como fazer sabão em casa

Banana Roxa: Você conhece?

Os 10 Peixes mais bonitos do Mundo

O fascínio da Lua...

Alongamentos: exercícios para aumentar a flexibilidade muscular que possibilita ampliar e agilizar qualquer movimento corporal

Víbora Rinoceronte (Bitis nasicornis)