Também pode lhe interessar:

In-feed

Por que ficamos arrepiados?

Frio e medo são algumas das sensações que nos deixam com os pêlos em pé. Mas por que isso acontece? No caso do frio, ficamos arrepiados para evitar a perda de calor do corpo para o ambiente. Os pêlos eretos mantêm uma fina camada de ar sobre a pele, que funciona como isolante térmico, explica o professor de Biologia Daniel Pereira Rocha.

"Observe sua pele quando estiver exposta ao frio e veja que fica um montinho na base do pêlo, como se algo estivesse levantando ele. Por incrível que pareça, cada pêlo está ligado a uma fibra do músculo eretor do pêlo", complementa o biólogo. Como outros músculos lisos, a ação não depende da nossa vontade, são de contração involuntária, ativada pelo sistema nervoso autônomo. E a tremedeira durante o frio é resultado da contração de músculos periféricos, que produzem calor para ajudar a manter a temperatura corporal.

O arrepio como conseqüência do medo é uma herança dos tempos primitivos. "Quando um animal se sente ameaçado, entra em ação o sistema nervoso simpático. O animal arrepiado parece ficar maior, para causar medo no adversário", diz Rocha. Além do arrepio, o sistema nervoso simpático provoca a dilatação das pupilas, o aumento da freqüência cardíaca e respiratória, a quebra de glicogênio hepático para aumentar o nível de glicose no sangue a a liberação de adrenalina e noradrelalina. "Tudo isso para manter o corpo apto a lutar ou fugir", resume.


Fonte: noticia/terra

Comentários

In-feed

Também pode lhe interessar:

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo: Como fazer sabão em casa

Banana Roxa: Você conhece?

Os 10 Peixes mais bonitos do Mundo

O fascínio da Lua...

Borboleta 88 (Em Extinção)

Alongamentos: exercícios para aumentar a flexibilidade muscular que possibilita ampliar e agilizar qualquer movimento corporal