Monday, September 29, 2014

Mosteiro de Sumela

É um mosteiro ortodoxo grego, situado no sopé de um penhasco em frente ao vale de Altındere, na região de Maçka, na província de Trebizonda, na atual Turquia. Está localizado a uma altitude de aproximadamente 1 200 metros, sendo uma grande atração turística do Parque Nacional de Altindere.


Depois de uma breve ocupação de Trebizonda pelo Império Russo de 1916 a 1918. O Mosteiro foi abandonado em 1923, na sequência da troca de populações entre a Grécia e a Turquia, de acordo com o Tratado de Lausanne que definiu as fronteiras da Turquia moderna. 


Os monges foram obrigados partir e não foram autorizados a tomar qualquer propriedade com eles, pelo que enterram o famoso ícone de Sumela sob o chão do mosteiro na capela de Santa Bárbara. Em 1930, um monge secretamente retornou ao Sumela e recuperou o ícone, transferindo-o para o novo Mosteiro de Soumela Panagia, nas encostas do Monte Vermio perto da cidade de Naousa, na Macedónia, Grécia.


Hoje a função principal do mosteiro é ser uma atração turística. Sua localização, com vista para as florestas e riachos abaixo, o torna extremamente popular pela sua atração estética, bem como pelo seu significado cultural e religioso. Em 15 de agosto de 2010 a liturgia Ortodoxa foi novamente permitida no mosteiro, depois de décadas de proibição.


O acesso ao complexo monástico é feito através de uma longa e íngreme escada, a qual termina na caverna onde está implantada a igreja principal, após passar por duas salas da guarda. A influência da arquitetura otomana está amplamente representada e faz-se notar principalmente nos armários, nichos e lareiras dos quartos nos edifícios que rodeiam o pátio.



Fonte: wikipedia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...