Friday, March 21, 2014

Cadela é melhor amiga de inglesa de 20 anos em estado terminal

Médicos acreditam que Lucy Watts, portadora de doença genética rara, deve viver mais dois anos; amizade da dupla foi premiada na Grã-Bretanha

 Médicos do Reino Unido acreditam que Lucy Watts possui apenas dois anos de vida. Isso porque a inglesa de 20 anos é portadora de uma doença genética bastante rara, a chamada Síndrome de Ehlers-Danlos, que afeta articulações, músculos, ligamentos e vasos sanguíneos.
Em estado terminal, Lucy conta com a ajuda da cadela Molly para realizar as mais diversas tarefas ao longo do dia. Além de auxiliar, a cachorra é a melhor amiga da inglesa. "Ela é minha melhor amiga, minha companheira. A luz da minha vida", diz Lucy. "Quando tenho um dia difícil - e acredite, isso acontece com frequência -, olho para Molly e penso que tenho que continuar vivendo."
A amizade da dupla ganhou destaque na Europa e uma premiação da Grã-Bretanha reconheceu com um prêmio a importância da cadela na vida da paciente. Elas receberam o troféu "Amigos para a vida toda".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...