Thursday, February 13, 2014

Calmantes naturais - 5 plantas que tranquilizam e têm o aval da ciência!

Mesmo sendo de origem natural, os fitoterápicos devem ser consumidos com cautela. Um dos principais perigos é a interação medicamentosa, que pode anular ou até potencializar drogas que estejam sendo tomadas paralelamente. 
"As plantas possuem milhares de substâncias químicas capazes de reagir de maneira indesejada com medicamentos alopáticos comuns. A passiflora, por exemplo, que é um calmante suave, causa sonolência excessiva se combinada com outros remédios", adverte Canabrava. Não caia no engano de pensar que as plantas são inofensivas. A orientação médica é indispensável. Sempre.  

1. Melissa: também conhecida como erva-cidreira, tem óleos essenciais que acalmam levemente. Formas de consumo: seu chá é o mais popular

2. Camomila (Matricaria recutita): esse tipo de camomila tem efeito calmante. Formas de consumo: é bastante difundida. Suas folhas e flores são empregadas em infusões 

3. Erva-de-são-joão (Hypericum perforatum): é a mais eficiente para combater a depressão. Formas de consumo: usada na produção de medicamentos, ela só pode ser comprada com receita médica

4. Passiflora (Passiflora incarnata): essa espécie de maracujá ajuda a controlar crises de ansiedade e depressão. Formas de consumo: além de chás, seu princípio ativo entra na fórmula de alguns medicamentos

5. Valeriana (Valeriana officinalis): suas propriedades são extraídas da raiz. Melhora o sono. Formas de consumo: é usada na produção de fitoterápicos e em chás e infusões, apesar do gosto amargo


Fonte:  revista saúde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...