Monday, December 30, 2013

As aranhas mais estranhas e bonitas

1 - Os olhos das aranhas-lobo (na foto, uma Hogna sp.) são dispostos de maneira incomum, em três fileiras. A combinação garante uma visão excelente à espécie, que caça à noite.

2 -  A aranha-caranguejo-das-flores (Misumena vatia) faz jus ao nome: exibe alongadas patas dianteiras, camuflada sobre uma aquiléia-mil-folhas (Achillea millefolium).

3 -  Ao invés da ampulheta clássica, a viúva-negra mediterrânica ostenta treze gotas no abdômen (o que originou seu nome científico, L. tredecimguttatus). As fêmeas são igualmente venenosas às suas primas americanas e conhecidas por matar bois em áreas rurais da Europa.

4 - Os machos Eresus sandaliatus tornaram esta espécie conhecida como aranha-joaninha (as fêmeas são inteiras pretas). Raras, estas aranhas vêm reconstituindo a sua população, após terem sido consideradas extintas no Reino Unido.

5 - O macho (menor) e a fêmea Herennia multipuncta parecem espécies completamente diferentes de aranhas.

6 - Com longos “espinhos” localizados na parte de trás de seu escudo, a Gasteracantha dalyi afasta possíveis predadores, entre eles, pássaros.

7 - As aranhas saltadoras (Salticidae), popularmente conhecidas como papa-moscas, podem ser tão pequenas que raramente são notadas. Esta Maratus spicatus, por exemplo, ostenta listras azuis e douradas em seu minúsculo abdômen.

8 - Com menos de cinco milímetros e cores ostensivas, as belas aranhas-pavão (Maratus volans) recebem este nome graças ao seu ritual de acasalamento. Assim como as aves, o macho ergue a parte colorida do abdômen, que se abre como uma aba, junto ao terceiro par de pernas. A dança exótica atrai as fêmeas.

9 - Para saber se um Mopsus mormon é macho, basta observar o “topete” de fios pretos no topo da cabeça, acompanhado sempre por uma curiosa “costeleta” branca nas laterais.

10 - Araneus marmoreus são aranhas inconfundíveis. O abdômen opulento, com padrões semelhantes aos do mármore, rendeu-lhes o nome de tecedeiras-marmoreadas.

11 - Os palpos da Oxyopes salticus parecem “calçados” em pantufas pretas. Esta espécie integra um grupo conhecido como aranhas-lince e ajuda agricultores brasileiros a controlar pragas nas plantações de soja.

12 - As extravagantes tarântulas P. metallica ocupam hoje uma área de menos de 100 quilômetros quadrados em uma reserva na Índia e constam como “em perigo crítico de extinção” na lista vermelha da IUCN (International Union for Conservation of Nature).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...