Tuesday, November 5, 2013

Mitos e Verdades sobre o Sono

Muito se fala sobre o sono ou a falta dele. Mas afinal, o que é verdade ou mentira sobre a rotina da hora de dormir todos os dias? Você sabia que mais da metade da população brasileira tem queixas na hora de dormir?
Nós passamos praticamente 1/3 da vida dormindo e a qualidade desse sono, não tenha dúvida, influencia sim toda a nossa vida. Noites mal dormidas geram muitos problemas a curtos, médios e longos prazos.
Além disso, o uso dos celulares também pode afetar o sono. Pesquisadores americanos apontam que as fases iniciais do sono são diretamente afetadas e que outras, importantes para a recuperação dos desgastes sofridos durante o dia, também são atingidas pelas radiações. E as pessoas que dormem próximas ao telefone celular sofrem mais de dores de cabeça.
 

Pois bem, aqui temos umas dicas para garantir uma boa e relaxante noite de sono. Vamos lá! Tire de vez as suas dúvidas sobre o tema:

Mitos:

Descanso do cérebro durante o sono – os sistemas mentais ficam mais lentos em algumas fases e mais acelerados em outras. Porém ao sonhar, o cérebro apresenta ampla atividade, organizando e consolidando memórias do dia anterior, organizando pensamentos e exercendo a criatividade;

Dormir oito horas por dia – a duração da noite varia de pessoa para pessoa, pode acreditar! Acredita-se que um período entre seis e dez horas, é suficiente pra maior parte da população. O que determina uma noite bem dormida não é apenas o relógio, mas também a qualidade, profundidade do sono, duração e ausência de despertares;

Exercícios à noite ajudam a dormir melhor – a atividade física libera adrenalina e eleva a temperatura corporal, o que não favorece o sono. O indicado é que a atividade seja praticada pela manhã ou pela tarde. Para quem não possui essa opção a sugestão é praticar atividades relaxantes para desacelerar e acalmar;

Consumo moderado de bebida alcoólica relaxa e melhora o sono – o álcool facilita sim a pegar no sono, porém piora sua qualidade no geral. E tem mais: como a bebida relaxa a musculatura da garganta, o ronco e a apneia tendem a piorar.

Verdades:
Para ter um dia cheio de energia é preciso uma boa noite de sono;

Falta de sono aumenta o risco de desenvolver diversas doenças como elevação da pressão arterial e predisposição ao diabetes, infarto, derrame, obesidade de depressão;

O sono tem cinco fases e elas são essenciais para uma noite leve e repousante: fase 1 – sonolência, quando o indivíduo começa a sentir as primeiras sensações do sono; fase 2 – a atividade cardíaca é reduzida, relaxam-se os músculos e a temperatura do corpo cai; fase 3 – muito semelhante com a fase 4, diferencia-se apenas em relação ao nível de profundidade do sono, que é um pouco menor; fase 4 – é a fase onde o sono é muito profundo; fase 5 -  fase do NREM, quando ocorre a secreção dos hormônios do crescimento, sendo também essencial para a recuperação de energia física. É nesta fase que realmente existe o descanso profundo e menor atividade neural;

É bem verdade também que nem os bebês escapam da falta de sono e que as crianças ‘crescem’ enquanto dormem, pois o organismo produz o hormônio do crescimento;

Lembre-se sempre: é melhor dormir cinco horas seguidas ao invés de oito com diversas interrupções.


Veja também: Dormir pouco ou muito pode afetar a nossa saúde  e 7 dicas para driblar a insônia.


Fonte: blogdaor


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...