Friday, November 29, 2013

Ilha caribenha de Santa Lúcia é refúgio com picos e floresta

Localizado no mar do Caribe, na América Central, o território de Santa Lúcia não possui nenhuma fronteira terrestre, estando próximo à Martinica, Barbados e São Vicente e Granadinas. O país foi disputado por espanhóis, britânicos e franceses. 

Em 1814, através do Tratado de Paris, a Grã-Bretanha assumiu o domínio de Santa Lúcia, que obteve a independência no dia 13 de dezembro de 1978. Atualmente, a nação integra a Comunidade Britânica – bloco formado pelo Reino Unido e suas antigas colônias.
A área nacional compreende uma ilha vulcânica e apresenta relevo montanhoso, com pontos que podem atingir altitudes superiores a 950 metros. O clima predominante é o tropical. A ilha de Santa Lúcia é um refúgio caribenho nas Pequenas Antilhas, entre Martinica e São Vicente. 
Com apenas 617 km², cercada pelo mar azul do Caribe, a ilha é um destino indicado para quem busca descanso e contato com natureza. Rodney Bay, ao norte da ilha, é seu principal ponto turístico, com restaurantes e praias de destaque e um variado centro de compras.
Sua natureza exuberante pode ser observada em caminhadas pela floresta, interrompida por belas praias isoladas. Os mais aventureiros podem se arriscar na escalada aos picos gêmeos Pítons, cartão postal obrigatório da região.
Também é possível apreciar o vaivém de tartarugas marinhas e baleias, que buscam as águas quentes do Caribe para procriar.

Veja também: Ilha Margarita - Mar do Caribe na Venezuela

Fonte: folha/uol
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...