Sunday, October 20, 2013

Penedo - joia da arquitetura barroca - Alagoas - Brasil

Está situada a 157 km de Maceió. É chamada de "Ouro Preto do Nordeste" graças a seu riquíssimo acervo arquitetônico presente em sobrados e igrejas seculares. Penedo é um município de Alagoas localizado ao sul do estado, às margens do Rio São Francisco. O nome Penedo originou-se de a pequena pedra. 

O povoado, fundado por Marcelo Coelho Pereira, das principais cidades históricas do Brasil, foi elevado a vila de São Francisco em 1636 e em fins do século XXI passou a ser denominada Penedo do Rio São Francisco. Sua arquitetura atrai turistas de numerosas origens. A Igreja de Santa Maria dos Anjos é uma das obras primas mais visitadas. Sua principal fonte de renda provem da atividade primária, com o coco, o arroz, a pesca e a cana-de-açúcar.
A cidade do Penedo foi incluída como um dos sete destinos turísticos pelo fórum mundial de turismo de 2005 do Movimento Brasil de Turismo e Cultura (MBTC). Merece especial atenção na cidade a Fundação Casa do Penedo, fundada em 1992, tem por objetivo a preservação da memória da cidade, em especial do seu patrimônio artístico e cultural. 
A Fundação Casa do Penedo, em sua sede, tem uma biblioteca e hemeroteca especializadas, um arquivo iconográfico e documental informatizados. Mantém exposição permanente contando a história do Penedo; divulga e relança obras, incentiva manifestações artíticas em todas as suas formas, com Biblioteca com mais de 20 mil títulos, acervo fotográfico Augusto Malta.
Penedo já foi sede de um dos maiores eventos cinematográficos brasileiro, o Festival de Cinema que reunia artistas brasileiros renomados. É uma cidade essencialmente católica e de povo acolhedor. A cidade também tem parte de seu patrimônio histórico preservado, com destaque para o Paço Imperial, hospedagem de Dom Pedro II em 1859, onde estão expostas porcelanas, mobiliário e objetos que contam parte da história da cidade e do Brasil.
Outras edificações de destaque são a Igreja e o Convento de Nossa Senhora dos Anjos, do século XVIII, com detalhes barrocos; e a Igreja de São Gonçalo Garcia. A cultura ribeirinha, expressa pela localização da cidade às margens do Rio São Francisco, também é encontrada nos casarios e ruas de Penedo. Uma grande atração da região, é o passeio de barco que leva à foz do Velho Chico, no município vizinho de Piaçabuçu. A viagem dura cerca de 45 minutos, passando por casebres de ribeirinhos e cruzando com muitas jangadas coloridas. 
Chegando ao encontro do rio com o mar, a paisagem ganha a moldura de dunas douradas que formam um delta salpicado de coqueiros e imensas lagoas de águas azuis. A praia do Peba, na foz do São Francisco, com dunas e coqueirais. Boa parte do passeio é feito pela areia, sendo o acesso possível somente com bugres. Já para curtir o pôr do sol, o endereço é o antigo Forte da Rocheira, na beira do Velho Chico.

Se você gostou de Penedo, não deixe de conhecer Maceió.

Fonte: 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...