Saturday, October 12, 2013

Fatos curiosos sobre o mundo animal

1 - Kenny: um tigre com síndrome similar à Síndrome de Down
Kenny é um tigre branco resultado de cruzamentos consanguíneos a fim de atender ao comércio de parques e zoológicos interessados em animais diferentes. Os cruzamentos não respeitam qualquer regra não importando se possuem parentesco. Por causa disso, Kenny sofre de diversos problemas mentais e motores. 

Acredita-se que ele tenha alguma síndrome desenvolvida como resultados dos cruzamentos entre tigres irmãos, e parece ter sofrido uma alteração cromossômica similar a Síndrome de Down. Kenny foi resgatado de um cativeiro particular nos Estados Unidos, onde o criador estava cruzando tigres sem qualquer respeito à sua consanguinidade. 

2 - É verdade que existe “Sapo Pac-Man” como no game?
o Sapo Pac-Man (Ceratophrys ornata) na verdade é uma rã, mas pela sua pele rugosa e pelo corpo grande e globuloso lembra muito mais um sapo.  O apelido Pac-Man não é à toa, esse anuro possui uma boca enorme e parece nunca ter sua fome saciada, vive comendo invertebrados, pequenos vertebrados e peixes de pequeno porte o tempo todo. 
As cores do corpo variam entre marrom com bege e verde, camuflando se com o ambiente onde vive. Possui aproximadamente 20 cm de comprimento, pesando cerca de 500gramas e podendo viver até 12 anos. Normalmente durante o dia vivem enterrados descansando sob folhagens no solo e só saem a noite para comer e/ou acasalar.

3 - Lontras marinhas dormem de mãos dadas?
As lontras do mar (Enhydra lutris) realmente podem dormir na água. Elas tendem a descansar juntas, geralmente em grupos do mesmo sexo formando o que chamamos de jangadas. Mas, será que elas realmente dormem de mãos dadas? A resposta é sim. 
Não é que questões de afinidade ou carinho, mas sim uma questão de segurança. Manter as patas dianteiras unidas com as patas de outra lontra as mantém no mesmo grupo, causando uma estabilidade e evitando que as lontras se percam uma das outras enquanto dormem. Outra estratégia para não saírem flutuando por aí enquanto dormem é se enrolarem nas algas!

4 - Por que as aves não caem do galho enquanto dormem?
 As aves conseguem descansar o corpo mantendo o cérebro em alerta,  qualquer movimento ou ruído já é o bastante para que estejam prontas para voar. Essa capacidade é chamada de “descanso unilateral do cérebro”, ou seja, enquanto um lado do cérebro dorme, o outro lado permanece atento. 
O “descanso unilateral do cérebro” é um dos fatores que permitem que as aves possam tirar um cochilo sem relaxar totalmente o corpo a ponto de despencar do galho durante o sono. Além disso, as aves são equipadas com pés especializados com quatro dedos livres e tendões capazes de travar os dedos e permitir um “empoleiramento” seguro. 

5 - Gato de duas caras: verdade ou mentira?
A gata existe mesmo. É real, uma verdade quase inacreditável, mas tem uma explicação lógica e facilmente compreensível. Animais quimeras acontecem quando o embrião é formado a partir de dois grupos de células com material genético diferente. 
Assim, cada população de células mantém o seu próprio caráter e o animal é uma mistura das células que já tinham começado a desenvolver nos embriões separados e mantiveram seus fenótipos originais. Isso significa que o animal resultante é uma bizarra, porém incrível, mistura de tecidos!
6 - Como o pica-pau sabe onde encontrar comida na madeira? O pica-pau tem um ouvido pra lá de afiado e é capaz de escutar o barulho de larvas de cupins, formigas e outros insetos se mexendo dentro do tronco das árvores. Para furar a madeira no ponto certo onde está seu rango, o pássaro também arrisca algumas bicadas para explorar o terreno. 
"Por meio da batida do bico, ele consegue localizar espaços ocos, onde a probabilidade de achar comida é maior", diz o ornitólogo Luís Fábio Silveira, da Universidade de São Paulo (USP). 

7. Beija-flor-espada - Quando o tamanho é documento na hora de garantir o rango. O beija-flor-bico-de-espada (Ensifera ensifera) é a única espécie de pássaro que tem o bico (com cerca de 10 cm) maior que o próprio corpo (uns 8 cm). 
Seu bico é usado para sugar o néctar de flores que têm a corola (conjunto de pétalas) muito grande e em formato tubular

8. Ave que voa mais alto - Grifo-de-rüppell - Gyps rueppellii - Esse tipo de abutre é um recordista entre as aves, já que em 1973 registrou a marca de ter voado a 11.300 metros de altitude. O que esse abutre estava fazendo ou procurando por lá não se sabe. 
O que aconteceu na verdade, foi que a ave colidiu com um avião a essa altura na Costa do Marfim, apesar de fascinante a proeza é bem possível a essa espécie, que costuma subir até 6.000 metros normalmente, mas como esse tipo de ave é capaz de absorver o oxigênio mesmo sob baixa pressão atmosférica, tal feito se torna possível. 

Se você gostou dos fatos curiosos sobre o mundo animal, não deixe de ler Curiosidades sobre aninais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...