Tuesday, October 15, 2013

Como se proteger de turbulências em voos

A turbulência de voo pode causar mal-estar e até mesmo ferimentos, principalmente quando o passageiro não respeita as instruções da equipe de bordo. Quem não tem o costume de viajar de avião acaba tendo um grande receio: as turbulências. A aeronave, quando sofre este problema, faz um balanço agressivo e desconfortável, o que pode causar a impressão de uma possível queda.

COMO ACONTECE A TURBULÊNCIA NO VOO?
A turbulência surge em todos os lugares onde o movimento de massa de ar sofre uma ruptura inesperada. O balanço da aeronave é resultado do encontro das correntes de ar em diferentes direções e velocidades. Existem diversos fenômenos que são capazes de determinar as correntes de ar, como a diferença de temperatura entre o mar e a Terra. A instabilidade do movimento do ar em uma parte da atmosfera prejudica a sustentação do avião, fazendo com que ele suba e desça repentinamente.

Há diferentes tipos de turbulências de voo, que podem ser causadas pelo vento, por outros aviões, por montanhas e pelas nuvens. O passageiro não deve entrar em pânico em casos de turbulência, afinal, a aeronave tem condições para enfrentar o problema. A estrutura flexível e os sensores ajudam a evitar situações mais graves.
Quando o voo enfrenta turbulência, os passageiros são empurrados para cima e para baixo. A inércia pode abalar os órgãos internos, pois os mais pesados demoram mais para reagir do que os leves. O ‘empurra-empurra’ dentro do organismo causa a sensação de mal-estar e também pode desencadear vômito. As pesquisas apontam que as turbulências são a maior causa de ferimentos em passageiros. A cada ano, 58 pessoas se machucam nos Estados Unidos durante o voo porque não tomaram as devidas precauções de segurança.

Dicas para se proteger das turbulências de voo:
• O passageiro deve usar cinto de segurança em todos os momentos do voo.

• Para que a turbulência não resulte em ferimentos, todas as instruções da equipe de bordo devem ser seguidas.

• O chacoalhar da aeronave pode causar enjoos e náuseas. Quem tem estômago fraco deve procurar um médico e pedir um medicamento que possa ser consumido antes do embarque. As propriedades antieméticas são as mais recomendadas, sendo encontradas em remédios como Bromoprida e Dramin.
• Para evitar o mal-estar, caracterizado pela inquietação, suor frio e tontura, vale a pena se acomodar em um lugar que fique antes da asa do avião. Os alimentos gordurosos e as bebidas alcoólicas devem ser evitados.

• A turbulência de voo pode desencadear ansiedade, que consequentemente resulta em medo, falta de ar e até mesmo desmaio. Para evitar problemas, é importante buscar formas de se distrair dentro do avião, como ouvir música ou conversar com o vizinho da poltrona ao lado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...