Sunday, September 22, 2013

Plantas comuns no Brasil que são tóxicas

Algumas plantas são bonitas para ornamentar o jardim de casa, mas também podem ser motivo de preocupação. De acordo com o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), 60% dos casos de intoxicação por plantas tóxicas no Brasil ocorrem com crianças menores de nove anos e que 80% deles são acidentais.
Como se prevenir
O Sinitox elenca algumas dicas para evitar problemas com plantas:
- Mantenha as plantas venenosas fora do alcance das crianças;
- Conheça as plantas existentes em sua casa e arredores pelo nome e características;
- Ensine as crianças a não colocar plantas na boca e não utilizá-las como brinquedos;
- Não prepare remédios ou chás caseiros com plantas sem orientação médica;
- Não coma folhas, frutos e raízes desconhecidas;
- Tome cuidado ao podar as plantas que liberam látex provocando irritação na pele e principalmente nos olhos;
- Quando estiver lidando com plantas venenosas utilize luvas e lave bem as mãos após a atividade;
- Em caso de acidente, procure imediatamente orientação médica e guarde a planta para identificação.

Conheça algumas plantas tóxicas
1. Tinhorão
Todas as partes da planta são tóxicas. Os sintomas após ingestão ou contato são sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarreia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia. O contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Família: Araceae.
Nome científico: Caladium bicolor Vent.
Nomes populares: tajá, taiá, caládio.

2. Comigo-ninguém-pode
Todas as partes da planta são tóxicas. Causa sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarreia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia. O contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Família: Araceae.
Nome científico: Dieffenbachia picta Schott.
Nome popular: aninga-do-Pará.

3. Copo de leite
Todas as partes da planta são tóxicas. Ingestão e o contato podem causar sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarréia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia. O contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Família: Araceae.
Nome científico: Zantedeschia aethiopica Spreng.

4. Avelós
Todas as partes da planta são tóxicas. A seiva leitosa causa lesão na pele e mucosas, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, dor em queimação e coceira. O contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificuldade de visão. A ingestão pode causar náuseas, vômitos e diarréia.
Família: Euphorbiaceae.
Nome científico: Euphorbia tirucalli L.
Nomes populares: graveto-do-cão, figueira-do-diabo, dedo-do-diabo, pau-pelado, árvore de São Sebastião.

5. Saia branca
Todas as partes da planta são tóxicas. Pode provocar boca seca, pele seca, taquicardia, dilatação das pupilas, rubor da face, estado de agitação, alucinação, hipertermia. Nos casos mais graves pode levar à morte.
Família: Solanaceae.
Nome científico: Datura suaveolens L.
Nome popular: trombeta, trombeta-de-anjo, trombeteira, cartucheira, zabumba.

6. Chapéu-de-Napoleão
Todas as partes da planta são tóxicas. A ingestão ou o contato com o látex pode causar dor em queimação na boca, salivação, náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarréia, tonturas e distúrbios cardíacos que podem levar à morte.
Família: Apocynaceae.
Nome científico: Thevetia peruviana Schum.
Nome popular: jorro-jorro, bolsa-de-pastor.

7. Coroa de cristo
Todas as partes da planta são tóxicas. A seiva leitosa causa lesão na pele e mucosas, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, dor em queimação e coceira. O contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificuldade de visão. A ingestão pode causar náuseas, vômitos e diarréia.
Família: Euphorbiaceae.
Nome científico: Euphorbia milii L.
Nome popular: coroa-de-cristo.

8. Pinhão-roxo
As folhas e frutos são tóxicas. Sintomas: a ingestão do fruto causa náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarreia mucosa e até sanguinolenta, dispnéia, arritmia e parada cardíaca.
Família: Euphorbiaceae.
Nome científico: Jatropha curcas L.
Nome popular: pinhão-de-purga, pinhão-paraguaio, pinhão-bravo, pinhão, pião, pião-roxo, mamoninho, purgante-de-cavalo.

Fonte: super/abril

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...