Monday, September 30, 2013

Curiosidades sobre o corpo humano II

É possível que o umbigo se 'desfaça'?
O umbigo, cientificamente chamado de cicatriz umbilical, não pode se desfazer, mas pode sofrer modificação durante a vida. Segundo o professor de Anatomia Humana da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Fernando Camelier Soares, podem ocorrer algumas mudanças na estrutura em volta. 
Um afrouxamento da musculatura abdominal pode causar uma abertura na cicatriz, gerando a hérnia umbilical, uma espécie de saliência na região. Isso também pode acontecer na gravidez, por cirrose e até mesmo por envelhecimento. Algumas pessoas têm o umbigo mais "saltado" que as outras. De acordo com Soares, isso é apenas uma determinação genética, assim como a cor dos olhos ou uma pinta. Mas se a pessoa quiser, existem cirurgias para mudar isso. 
"Tem como fazer uma cirurgia. Mas ela é apenas estética, daí se cria um novo, se saca e retira o excesso", explica. O umbigo também é usado como ponto de entrada para intervenções cirúrgicas. Uma vantagem de a cirurgia ser feita nessa região é a possibilidade de disfarçar uma eventual cicatriz, pois no final, o local pode ser reconstruído, e na hora de fechar, pode ser feito um umbigo novo.

Por que os homens são mais carecas que as mulheres?
Os homens são mais carecas porque o hormônio masculino testosterona passa, ao longo da vida, a se transformar cada vez mais em didrotestosterona, que é responsável pela queda de cabelo. "Como o homem tem mais testosterona, a calvice é mais comum neles", afirma a dermatologista Carolina Ferolla. Na região da cabeça em que caem os cabelos, as células são ricas em receptores para a diidrotestosterona.
Carlina explica que, se o garoto tiver algum parente calvo, provavelmente será careca. "O familiar pode ser por tanto parte da mãe quanto por parte do pai", completa. A calvice, cientificamente conhecida como alopecia androgenética, até pode ocorrer em mulheres, uma taxa de 20%. "Porém, dificilmente ficam totalmente carecas, mantendo pouco cabelo".

O que acontece se não piscarmos os olhos?
Na verdade, o cérebro não permite que isso ocorra. "Até conseguimos ficar alguns segundos sem piscar, mas acabamos nos rendendo ao comando do sistema nervoso central que nos obriga a piscar", afirma o oftalmologista Luciano Bellini. Isso porque piscar é fundamental para a saúde das córneas, a parte transparente dos olhos, que precisam estar bem lubrificadas pela lágrima. 
Se por acaso elas não se lubrificam (se a pessoa perde as pálpebras, por exemplo), secam e acabam morrendo.Neste sentido, a superfície dos olhos é diferente da superfície da pele. A pele não precisa estar sempre molhada, pois suas células são cobertas por uma proteína chamada queratina, que torna a região mais resistente do que a superfície do olho.

Por que os homens têm barba e as mulheres não?
Os homens têm barba por causa da testosterona, um hormônio em quantidade muito maior no sexo masculino. Como o hormônio se manifesta apenas na puberdade, o aumento de pelos no rosto ocorre a partir desse período. A barba aparece primeiro em cima dos lábios, como uma penugem. Dali se forma o bigode e se espalha para bochechas e queixo.
A dermatologista Carolina Ferolla conta que as mulheres até podem ter barba, devido a níveis mais altos de testosterona no organismo. "Normalmente isso ocorre pela ação do hormônio no folículo piloso (estrutura que dá origem ao pelo), como na menopausa, em que é comum o aumento de pelos", diz.

Como se forma a cera de ouvido?
Também chamada de cerúmen, a cera é produzida por pelas glândulas ceruminosas, células existentes na pele do conduto auditivo externo, que fica nos primeiros três centímetros do ouvido, de fora para dentro. Formada basicamente de gorduras, a cera tem como objetivo a proteção, porque contém substâncias que impedem a proliferação de micro-organismos, além de impermeabilizar o local.
Ektor Onishi, otorrinolaringologista da Sociedade Brasileira de Otologia, explica que a cera mais recente empurra a mais antiga para a parte externa do conduto auditivo. "É um mecanismo de autolimpeza", diz. Por isso, deve-se apenas limpar a parte mais de fora, com uma toalha ou com um lenço de papel. Algumas pessoas produzem cerúmen em excesso, bloqueando completamente o conduto. Nesse caso, a limpeza deve ser feita pelo otorrinolaringologista.


Fonte: terra
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...