Sunday, July 7, 2013

Soluções caseiras ajudam quem sofre de alergia a produtos de limpeza

Veja como preparar algumas receitas de produtos de limpeza em casa. Elas foram supervisionadas pela alergista Laila Sabino do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. Ela alerta que algumas receitas listadas, mesmo sendo caseiras e para evitar a alergia, podem causá-la também. É o caso daquelas que usam produtos químicos como soda cáustica, cloro e amônia, por exemplo. Nestes casos é preciso usar luvas e máscara no rosto

1. Bicarbonato de Sódio: excelente para fazer a limpeza da casa, ao mesmo tempo em que minimiza as chances do surgimento das alergias. Serve para desengordurar fogões, pias, paredes e retirar o odor de dentro da geladeira e de roupas, como fumaça e suor. Também devolve a brancura de objetos amarelados. Ainda pode-se colocar uma pequena medida de bicarbonato nas lixeiras, para neutralizar odores. Não tem prazo de validade 

2. Produto multiuso: produza o seu próprio multiuso com meia xícara de bicarbonato de sódio; 1/4 de xícara de água morna; 1/4 de xícara de sumo de limão e uma xícara de sabão líquido. Em um frasco vazio e limpo de multiuso convencional, coloque o bicarbonato de sódio e a água. Agite e deixe repousar por cinco minutos. Acrescente o sumo de limão e o sabão líquido e agite novamente para dissolver o bicarbonato por completo. Pode ser usados nos utensílios de cozinha, azulejos e sanitários. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada
3. Limpeza pesada: geralmente o banheiro exige uma limpeza pesada. Assim, pegue um frasco borrifador, coloque uma xícara de bicarbonato de sódio; uma xícara de sumo de um limão e uma xícara de sabão líquido. Se preferir, pode ser diluído (aos poucos) com água. Para limpar o interior do sanitário, borrife a solução com bicarbonato de sódio e deixe agir durante dez minutos. Depois, esfregue normalmente. Para as partes com metais, geralmente mais complicadas de se limpar, corte um limão ao meio, polvilhe com sal grosso, e use-o como esfregão. Enxague cuidadosamente com água morna, para não haver resíduos. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada

4. Vinagre branco e sumo de limão: estes dois itens podem ser utilizados em várias partes da casa. Juntos eliminam as bactérias, principalmente do banheiro. Já o limão com sal dá brilho aos utensílios de cobre e latão, como panelas e luminárias. Para higienizar as tábuas de carne, esfregue limão ou aplique o vinagre branco e deixe descansar. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada 
5. Desengordurar: para limpar a cozinha faça uma solução de 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio, meia xícara de vinagre e um litro de água quente. Esta mistura vai limpar gorduras e sujeiras, além de desinfetar. Funciona muito bem nos exaustores de cozinha. A solução tem validade de uma semana

6. Vidros: pegue 1/4 de xícara de vinagre ou uma colher de sopa de sumo de limão e misture com duas xícaras de água. Coloque tudo no borrifador e use nos vidros, box e espelhos. Outra opção é usar folhas de jornais para limpar os vidros. Atenção: esta receita não é recomendada para usar em madeiras porque resseca e danifica as lâminas de compensados. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada 

7. Detergente caseiro: pegue um litro e meio de água fervendo; sumo de dois limões; duas colheres (sopa) de amoníaco líquido (comprado em farmácia); uma barra de sabão; e dois litros e meio de água fria. Preparo: raspe a barra de sabão e derreta-a na água quente. Depois, acrescente a água fria e o sumo de limão. Coloque o amoníaco somente quando a mistura já tiver esfriado. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada 
8. Limpar o chão: misture em um balde 1/4 de xícara de vinagre branco e quatro litros e meio de água morna, a casa fica com o ambiente refrescante, e o chão, desinfetado. Para deixar o esfregão sem odores e bolor, após a limpeza do chão, polvilhe bicarbonato de sódio e deixe agir durante cinco minutos. Enxague com água morna e deixe secar ao sol. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada

9. Lustra móveis: coloque três colheres de sopa de sumo de limão e meia xícara de óleo vegetal em um frasco de vidro esterilizado e com tampa. Misture e use nas mobílias de madeira. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada

10. Sabão caseiro de coco e glicerina: o sabão de coco é indicado por ser mais suave para a pele e efetivo com a limpeza, pois não deixa resíduos nas superfícies, utensílios e roupas. A glicerina é recomendada para combater mofo, tanto em ambientes quanto em roupas. Não tem validade perecível

11. Sabão caseiro: o tradicional sabão caseiro pode ser feito com sebo de gado, banha, gordura de aves ou sobras de gordura da cozinha. Antes de fazer o sabão, peneire a gordura (se houver resíduos). As medidas são de um litro de soda cáustica líquida, cinco litros de óleo reciclado, um litro de cândida, 500 ml de desinfetante de eucalipto e um copo americano de amaciante. Leve ao fogo e mexa por uma hora até que a solução fique uma massa. Despeje em uma caixa de papelão forrada com pano de algodão e espere secar. Atenção: deve-se usar luvas e máscara para evitar o contato direto e o risco de toxidade. Não tem validade perecível 
12. Sabão de coco: bata no processador 700 ml de água e dois cocos frescos ralados até que vire um creme. Ferva-o até que reduza mais da metade do que estava. Depois de fervido, misture em um balde com óleo reciclado peneirado (o óleo também precisa estar quente, cuidado!). Acrescente 500 gramas de soda cáustica e misture até ficar homogêneo. Depois, coloque 125 ml de álcool e mexa por mais 40 minutos. Despeje tudo em uma caixa de papelão forrado com pano de algodão e espere secar. Atenção: deve-se usar luvas e máscara para evitar o contato direto e o risco de toxidade. Não tem validade perecível 

13. Sabão de abacate: o abacate também pode ser uma boa base de gordura para fazer o sabão. Para isso use cinco quilos de massa de abacate maduro, meio quilo de sebo derretido ou banha, 400 gramas de soda comercial e 150 g de breu (encontrado em ferragens ou casas de produtos químicos). Coloque toda a massa numa vasilha bem limpa e acrescente a soda, sebo ou banha e o breu. Mexer por uma hora. Coloque tudo em uma caixa forrada com pano de algodão para secar. Para maior consistência, acrescentar duas ou três colheres de sopa de farinha de milho ou cinzas. Atenção: deve-se usar luvas e máscara para evitar o contato direto e o risco de toxidade. Não tem validade perecível 

14. Amaciante de roupas: o amaciante é um dos principais vilões entre os produtos de limpeza, uma vez que possui cheiro muito forte e pode provocar irritações na pele e nas vias respiratórias. Em casa, é possível fazer seu próprio amaciante usando um sabonete infantil, três litros e meio de água fria, um litro e meio de água fervendo e quatro colheres de glicerina. Raspe o sabonete e dissolva na água fervente. Misture os demais ingredientes na água fria. Depois que as duas soluções ficam prontas, misture-as e coloque em uma vasilha de plástico com tampa. A medida é de uma tampa de amaciante para cada balde de água. Não tem validade perecível 
15.Desinfetante de eucalipto: ideal para usar no banheiro. Para o desinfetante natural é necessário 30 folhas verdes de eucalipto, um litro de álcool, cinco litros e meio de água morna e sobras de sabonetes. Amasse as folhas de eucalipto e junte o álcool com meio litro de água morna. Deixe de molho, de um dia para o outro, em recipientes bem fechados. No dia seguinte, derreta as sobras de sabonete no restante da água e misture com o líquido do eucalipto que estava de molho. Não tem validade perecível

16. Óleo de melaleuca: antibacteriano, antiviral, e antifungicida natural. Com duas colheres de chá de óleo de melaleuca e dois copos de água em um frasco spray, pulverize o ambiente e eliminará o mofo. A mesma receita pode servir como solução desinfetante para lavatórios e sanitários. Curiosamente, algumas gotas de óleo no xampu pode combater a caspa. Não tem validade perecível, mas pode acumular depósitos

17. Água sanitária caseira: para prepará-la, misture 5 litros de água com 1 litro de cloro e deixe descansar por 24 horas. Conservada em recipientes bem fechados, a água sanitária já poderá ser usada. Atenção: use luvas para evitar alergias, vermelhidão e queimaduras. Não tem validade perecível
18. Banho do pet: para a higiene e combate às pulgas dos pets, sem causar alergia ao dono e ao animal, misture um copo de vinagre com dois copos de água (se o animal for grande, a medida pode requerer maiores quantidades dos compostos). Após o banho, molhe-o por completo com a solução, envolva-o em uma toalha e deixe-o assim por 30 minutos. Seque-o com o secador de cabelos. A solução deve ser usada no mesmo dia em que for preparada 

Fonte: saude/uol

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...