Thursday, July 4, 2013

Pescador captura peixe de 200 anos

O peixe bodião de shortraker (Sebastes borealis) é muito esquisito. Ele é bastante comum no Pacífico e é considerado prêmio entre os pescadores de mar profundo – coloridos em tons de laranja, rosa e vermelho, eles podem viver em profundidades de cerca de 1.219 metros. No último dia 21 de junho, um pescador de Seattle (EUA) capturou um desses peixes, mas o mais impressionante não foi a pesca em si, e sim a idade do espécime de quase 18 quilos:
Fazia provavelmente dois séculos que a criatura nadava tranquilamente até ser puxado à superfície, 16 quilômetros ao largo da costa do Alasca. "Eu sabia que era anormalmente grande, mas não sabia que era um recorde até o caminho de volta, quando olhei o livro guia do Alasca que estava no barco”, conta Henry Liebman, o pescador responsável pela captura do peixe de 1,04 metro. O recorde ocorreu perto de Sitka.


“Troy Tidingco, gerente da Secretaria Estadual de Caça e Pesca do Alasca, disse que o animal ainda está sendo analisado, mas que ele acredita que tem, pelo menos, 200 anos – o que iria bater o recorde atual de 175 anos. Liebman diz que quer levar o bodião de volta para casa para exibi-lo como troféu, mas forneceu ao departamento uma amostra de tecido do espécime para que os pesquisadores pudessem determinar sua idade exata – eles são capazes de fazer isso contando o número de anéis de crescimento ao longo do osso do ouvido do peixe.
Em 2007, um pescador comercial pegou um bodião de tamanho similar que acabou tendo 115 anos de idade.  Surpreendentemente, pesquisadores da Associação Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA dizem que o peixe ainda estava fértil no momento de sua captura. Os cientistas ainda não entendem completamente a longevidade dos animais. Normalmente, animais menores tendem a viver mais do que os maiores, no entanto, isso não parece ser verdade para o bodião. Em registro atualmente, o mais antigo animal conhecido foi um molusco de 400 anos de idade.

Fonrte: hypescience
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...