Saturday, June 1, 2013

Os 10 prédios mais coloridos do mundo

Selecionamos edifícios 'feitos de arco-íris'

Formas, volumes, traços, função e beleza – muitos são os elementos que compõem a arquitetura. A cor, entretanto, é quase sempre aquilo sobre o que as pessoas mais comentam, seja pela alegria que transmite, seja por promover uma quebra com o panorama monótono e opaco das cidades contemporâneas. Confira abaixo 10 edifícios que são verdadeiros arco-íris!

1. ARoS Aarhus Kunstmuseum, Aarhus, Dinamarca
Autor: Schmidt Hammer Lassen Architects

Situado no topo do principal museu de Aarhus, a segunda maior cidade da Dinamarca, o volume circular tem uma combinação de fechamentos de vidros coloridos que produzem diferentes efeitos cromáticos e de luz, tanto para quem está dentro dele quanto para quem está fora.

2. Sugamo Shinkin Bank, Shimura Branch, Tóquio, Japão
Autor: Emmanuelle Moureaux

As placas horizontais que compõem a fachada desta agência bancária em Tóquio são revestidas com painéis luminosos que, durante o dia, exibem uma delicada combinação cromática, e, à noite, um vigoroso jogo de luz e cor.

3. L’École Maternelle de la rue Pajol, Paris
Autor: Palatre et Leclere Architectes

As crianças desta escola infantil parisiense têm motivos de sobra para se divertir durante o horário de aula. Além de as dependências terem toda a estrutura necessária para a educação e recreação, elas são inteiramente alegres, com as mais diferentes cores que existem.

4. Arc en Ciel, Bordeaux, França
Autor: Agence Bernard Bühler

A forma cilíndrica deste edifício foi a solução encontrada pelo arquiteto Bernard Bühler para obter o máximo aproveitamento do lote. Mas o que mais chama a atenção na construção é a fachada revestida com painéis pivotantes de vidro multicolorido que protegem os corredores que circundam o perímetro da construção.

5. The Saguaro Hotel, Palm Springs, Califórnia, EUA
Autor: Peter Stamberg e Paul Aferiat Architects

Cada um dos blocos que compõem o hotel são pintados de uma cor. Mas a diversidade cromática vai além e determina a decoração dos espaços internos e dos acessórios que circundam a piscina e as demais áreas de lazer.

6. Fine Arts Center, Edcouch-Elsa, Texas, EUA
Autor: Kell Muñoz Architects

Situado à beira de uma rodovia, o centro cultural, quando visto a distância, lembra uma fábrica. Um olhar mais atento, porém, revela a função da construção dedicada à exposição de distintas formas de artes plásticas. As faixas coloridas em dégradé de sua fachada principal parecem se abrir como se fossem abas, porém, são fixas.

7. Mercado de Flores, Barcelona
Autor: Willy Müller Architects

Fora do circuito turístico de Barcelona, o mercado de flores é revestido por uma sequência de ripas coloridas. São centenas de linhas com distintos tons cromáticos que seguem em faixas irregulares por toda a fachada do imenso edifício dedicado à venda, em atacado, de flores e plantas.

8. Museu de Arte Contemporânea de Castilla y León, León, Espanha
Autor: Luis M. Mansilla and Emilio Tuñón

Painéis de vidro colorido revestem a fachada do museu. O restante da construção é feito de concreto aparente, material que impõe elegância ao conjunto e complementa a divertida fachada do prédio de seis andares, que se converteu em um dos principais pontos turísticos da cidade.

9. Conjunto residencial Manzana Perforada, Madri
Autor: Amann-Canovas-Maruri

Manzana Perforada é um raro exemplo de conjunto habitacional que consegue ter, a um baixo custo, beleza e funcionalidade. Organizado ao redor de um pátio interno, o edifício estrutura-se em concreto, mantendo a área comum totalmente aberta e revestindo com chapas metálicas de cores diferentes cada uma das unidades residenciais.

10. The Rainbow School, Los Angeles, Califórnia, EUA
Autor: DLR Group

A arquitetura da escola particular situada nos arredores de Los Angeles aposta não apenas na diversidade de cores, mas também na de formas. A estrutura de metal libera espaço para uma distribuição irregular de fechamentos externos, tanto nas faces voltadas para as quadras poliesportivas quanto para a fachada voltada para a rua. 


Fonte: Casavogue/globo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...