Wednesday, April 3, 2013

Borås - Suécia - cidade sem lixo

É uma cidade na tradicional província de Västergötland, no oeste da Suécia e a sede do Município de Borås, condado de Västra Götaland. Tem uma população de 63.500 pessoas e 100 mil na área metropolitana. A cidade de Borås recebeu este título em 1622 do rei Gustavo II Adolfo da Suécia. 
A cidade desenvolveu-se após sua fundação e depois de um século, a sua população tinha aumentado para mais de 2000 habitantes.Praça Krokshall com a Igreja CaroliBorås foi devastada pelos incêndios quatro vezes: em 1681, 1727, 1822 e 1827. A igreja Caroli é o mais antigo dos edifícios de Borås, e escapou de todos os incêndios.
A cidade tem 1.500 indústrias e nem 1 grama de lixo. Seus resíduos têm três destinos: 42% são incinerados e convertidos em energia elétrica, 30% são tratados biologicamente e transformados em biocombustível e 27% são reciclados. 
 A reciclagem é feita inteiramente pela população, que se encarrega de separar e levar o material até os postos de coleta espalhados por toda a cidade. Caminhões recolhem o lixo orgânico (em sacos pretos, destinados à obtenção de biogás em usina inteiramente automatizada) e o resto (em sacos brancos, incinerados em fornos não poluentes). 
 Menos de 1% do lixo é enterrado, porque o imposto para usar aterro é muito alto. O modelo foi iniciado em 1988, com 300 famílias, e é exportado - a universidade local presta assessoria de reaproveitamento de lixo a cidades no mundo inteiro , brasileiras, inclusive (Macaé, no Rio de Janeiro, e Sobral, no Ceará). 
Localmente, a experiência deu tão certo que falta lixo: o município hoje importa detritos da Noruega para gerar mais energia limpa. E o esforço continua. O diretor da escola de engenharia da Universidade de Boras, Hans Björk, diz: "Depois do lixo zero, nosso investimento agora é na eliminação total dos combustíveis fósseis"



Fonte: 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...