Friday, March 22, 2013

Tartarugas - Espécies diferentes

Tartaruga-de-Pente - Eretmochelys imbricata - Criticamente ameaçada de extinção

Habitam recifes de coral e águas costeiras rasas, como estuários e lagoas, podendo ser encontrada, ocasionalmente, em águas profundas. Tamanho: entre 80 e 90 cm de comprimento. Peso: 80 kg em média, podendo atingir até 150 kg. Alimentação:  esponjas, anêmonas, lulas e camarões; a cabeça estreita e a boca formam um bico que permite buscar o alimento nas fendas dos recifes de corais. Desova principalmente no litoral norte da Bahia e Sergipe; e no litoral sul do Rio Grande do Norte.


 Tartaruga gigante de casco mole de Cantor - Pelochelys Cantorii - tartaruga gigante asiática - É uma espécie de tartaruga de água doce. É encontrada principalmente no interior de rios lentos. A tartaruga vivia por toda a Índia, Bangladesh, Birmânia, Tailândia, Malásia, Camboja, Vietnã, China, Filipinas, Indonésia, Papua Nova Guiné, Sumatra, Bornéu e Java ocidental. Atualmente a tartaruga é considerada em extinção, e desapareceu em grande parte desses locais. A Pelochelys cantorii, é um dos animais mais incomuns na terra e certamente uma das tartarugas que apresenta uma peculiaridade, a falta de um casco rígido.
tartaruga do casco mole
Tartaruga Matamatá - Chelus fimbriata - Possui a cabeça triangular, olhos pequenos, focinho longo e um pescoço comprido cheio de dobras que se parecem com folhas. Seu casco possui projeções semelhantes à pirâmides.  Habitat: é comum ao longo do Orinoco e Amazônia. Prefere águas superficiais ao longo da margem dos lagos ou florestas inundadas, podendo também ser encontrados nas margens de grandes rios.
Tartaruga Matamatá

Tartaruga- de- couro - Dormochelys coriacea -  Em vez de placas duras, sua carapaça é coberta somente por uma pele grossa e lisa, cortada por sete linhas verticais de couro. Os ninhos são cavados na areia, chegam a um metro de profundidade e neles são depositados até 170 ovos.

 Seus filhotes quando saem dos ovos vão para o mar. Além dos predadores naturais, outro responsável por estarem em extinção é o homem. Muitas vezes, essas tartarugas morrem nas redes dos pescadores, que muitas vezes não tem intenção de pesca-las. Habitam todos os oceanos.

Fonte: 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...