Sunday, February 3, 2013

Árvores Estranhas

Árvores de Circo: O fazendeiro Axel Erlandson começou a brincar com a aparência das árvores até que montou uma fazenda na Califórnia, na década de 40, para expor suas Árvores de Circo – ele podava, vergava e inseminava as plantas em formas fantásticas.
Árvore de Circo
Para a Árvore Cesto, por exemplo, ele plantou 6 mudas em um círculo e depois as enxertou uma nas outras para formar os padrões geométricos que desenham o tronco.
Árvores estranhas

Banyan: O templo Ta Prohm, no Camboja, foi cenário do filme Tomb Raider. A construção é marcada pelas raízes gigantes das árvores que crescem para cima, ao redor e através das suas paredes. Na Índia, aliás, as pessoas acreditam que a árvore realiza desejos e traz sorte.
Árvores estranhas
  
Sabina: O vento forte causa a deformação nos troncos da maioria das Sabinas (Juniperus phoenicea) da Ilha de El Hierro, no arquipélago espanhol das Canárias. A árvore foi descartada para a fabricação de móveis por conta de sua fragilidade, mas virou atração turística, especialmente durante a Semana Santa.
Árvores estranhas - Sabina

Sequoia - Reconhecidas pelo grande porte e longevidade, as sequoias podem passar dos 100 m de altura e viver por milênios. A espécie tem um tronco avermelhado e bastante robusto. Ela é tão forte que a árvore Chandelier, que fica em Legget, na Califórnia, teve sua base perfurada na década de 1930 para virar um túnel para carros.

Angel Oak Tree - Um carvalho com cerca de 1.500 anos. Essa gigantesca árvore fica no estado da Carolina do Sul nos Estados Unidos. Seus ramos são tão espalhados que a sua sombra cobre 1.600m².
carvalho com cerca de 1.500 anos

Dracaena cinnabari: a árvore sangue de dragão - É uma árvore nativa do pequeno arquipélago de Socotra no Oceano Índico, próximo Nordeste Africano. Ela é conhecida como ‘árvore sangue do dragão’ em função da sua seiva vermelha.No passado, a seiva era muito procurada como medicamento e corante.

Misteriosas Árvores Tortas - Ficam localizadas em meio a uma grande floresta de pinheiros perto de Gryfino, no Noroeste da Polónia. São apenas uma pequena amostra das cerca de 400 árvores cujos troncos são dobrados em direção ao norte. Acredita-se que elas foram plantadas e deixadas para crescer durante 7 a 10 anos até que foram dobradas deste jeito por alguma intervenção humana. 


Baobá é a árvore nacional de Madagascar e o emblema nacional do Senegal.Adansonia grandidieri (Grandidier's Baobab), o maior e mais famoso dos seis baobás do Madagascar, é uma espécies ameaçadas de extinção no gênero Adansonia. É endêmica de Madagascar. A. grandidieri é nomeado para comemorar o botânico e explorador francês, Alfred Grandidier (1836–1921).




 Fonte:  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...