Monday, February 18, 2013

10 lugares reais que parecem saídos de um sonho

Existem construções e paisagens que fazem você se perguntar se realmente está acordado ou se o que está vendo é fruto da sua imaginação. A seguir, você confere dez casos desse tipo:

1. Dallol Volcano


No idioma amárico, da Etiópia, “dallol” significa “desintegrado”, o que traduz bem a aparência da cratera vulcânica em questão, localizada no deserto do país. Diversas substâncias (como enxofre, sal, ferro e ocre) estão espalhadas pelo lugar, bem como fontes termais e poças de ácido. Além de exalar fumaça tóxica, o Dallol Volcano é conhecido por registrar temperaturas altíssimas – em suma, se você preza sua saúde, evite ir para lá.

2. The Wave
Há “apenas” alguns milhões de anos, dunas de areia do Deserto de Nevada (EUA) vieram à superfície e, sob a ação intensa de vento e água, se transformaram em uma paisagem quase surreal. Infelizmente, as temperaturas matadoras e a grande possibilidade de se perder não inspiram muito turismo por lá.

3. Antelope Canyon
Chamado pelos índios navajos de Tse’ bighanilini (algo como “lugar onde a água corre através das pedras”), o Antelope Canyon tem um aspecto extremamente convidativo para fotógrafos e cinegrafistas. Em alguns trechos, é comum ver feixes de luz iluminando o cenário.

4. McMurdo Sound Ice Shelf
Além dos quase intermináveis dias e noites típicos da Antártida, outro elemento que pode testar a sanidade mental dos visitantes do McMurdo Sound Ice Shelf é a estranha paisagem, formada por diversos tipos de gelo – glacial, marinho, neve. Como se vê nas fotos acima, o cenário pode fazer você questionar se alguém colocou alucinógenos em sua bebida, caso resolva fazer turismo por lá.

5. Chefchaouen em Marrocos

Se sua cor favorita for verde (por exemplo), é possível que você não se sinta muito à vontade na pequena Chefchaouen, onde os moradores seguem uma tradição iniciada em 1930 por colonizadores judeus: pintar as casas com tons de azul. Pessoas menos informadas (porém criativas) poderiam pensar que se trata de uma ação de marketing da Pfizer…

6. Stone Waterfalls

O que a princípio parece uma cachoeira congelada é, na verdade, uma formação geológica extremamente incomum que atrai turistas do mundo todo. Fica em Oaxaca (México).

7. Hobgoblin’s Playground
Produto da ação combinada de água e vento ao longo de milhões de anos, o Hobgoblin’s Playground impressiona tanto por sua cor (um vermelho intenso) quanto por suas formas bizarras. Fica no estado de Nevada (EUA) e também é conhecido como Little Finland.

8. Devil’s Postpile
Tão estranha quanto seu nome (“postpile” é uma palavra composta, que pode ser traduzida como “pilha de postes”), a Devil’s Postpile é a maior formação de colunas basálticas que conhecemos. Esse tipo de formação ocorre quando lava basáltica forma uma espécie de “lago”, resfria e racha. Para um resultado a princípio aleatório, ela tem uma simetria considerável – o que torna a Devil’s Postpile ainda mais excepcional. Fica nos Estados Unidos.

9. Monster Kabinett

Localizado em Berlim (Alemanha), o “gabinete” reúne instalações robóticas, esculturas de criaturas deformadas, de insetos e de outras coisas bizarras. Mantido pelo grupo Dead Pigeon Collective, começou a ser organizado em 1994. Na década de 1940, o depósito onde hoje fica a coleção era usado para esconder famílias judias, e algumas de suas “salas secretas” permanecem praticamente intocadas.

10. Kijk-Cubus de Amsterdã

A capital da Holanda atrai muitos turistas por ser considerada um lugar “liberal”. Porém, se você não liga muito para maconha ou prostituição (mesmo porque as coisas por lá não são tão simples quanto muitos pensam), pode viajar para conhecer o complexo projetado pelo arquiteto Piet Blom. Construído em 1984, o conjunto de Kijk-Cubus tem tanto moradores fixos como pessoas que usam as casas como escritório. Uma delas, inclusive, é aberta ao público.

Fonte: hypescience.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...