Thursday, January 17, 2013

Cão com chip é encontrado a 3 mil km de casa

Graças a um microchip eletrônico, um casal americano,  residente na Flórida,  localizou seu cão de estimação perdido a dois anos. O cão, da raça Mastim Napolitano, estava em Wisconsin, estado do extremo norte dos Estados Unidos. Ou seja, o bicho estava há quase três mil quilômetros de casa.
Mastim Napolitano com chip é encontrado a 3 mil km de casa
Foi a ONG Animal Allies Humane Society que descobriu os donos do cão, chamado de Endo pela família. Ao avaliar a saúde do cão, os veterinários da instituição se depararam com um chip debaixo da pele do animal – o aparato eletrônico continha todo o histórico do bicho, como dados de nascimento, local de residência, além dos contatos dos donos. A ONG, então, entrou em contato. 

Ao receber a ligação da ONG, a família da Flórida ficou surpresa, pois achavam que o cachorro já estivesse morto. Na época da fuga, um vizinho os alertou que ele podia ter sido atacado por crocodilos que habitam os lagos e os rios da Flórida.

Endo está em perfeitas condições de saúde, disseram os veterinários da ONG. Ele esta com 50 quilogramas, bem alimentado e livre de doenças. Os integrantes da ONG explicaram que o cão foi levado até  Wisconsin por um motorista que o encontrou perdido em uma estrada da Flórida. Depois de tentar achar os donos sem sucesso, o motorista o adotou. 

Contudo, por conta do alto custo de alimentação de Endo, ele precisou dar o cachorro. E como não encontrava ninguém interessado, o entregou a ONG. No momento, Endo se prepara para ir para casa. A ONG busca de voluntários que o possam levar à Florida em segurança, o cão não cabe em um carro comum.

Fonte : Info abril
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...