Thursday, January 3, 2013

Cachorros imitam movimentos dos donos


De acordo com um estudo, os cachorros automaticamente imitam os movimentos dos seus donos. Para os humanos, essa imitação automática é parte crucial do processo de aprendizagem social. E agora, pesquisadores austríacos descobriram que o fenômeno, de observar o movimento do corpo do outro fazendo com que o observador se mova da mesma maneira, é evidente em muitos outros animais.

O estudo também sugere que a maneira pela qual as pessoas interagem e brincam com seus cães enquanto eles estão crescendo ajuda a formar a sua capacidade de imitar.

Segundo os pesquisadores, para os cães isso não é uma coisa espontânea. Eles precisam de muito treinamento para aprender a imitar.

A equipe investigou a imitação dos cães através de experimentos simples. Os proprietários demonstraram como abrir uma porta usando a mão ou a boca. Quando eles utilizaram a mão, o cão tinha que abrir a porta com a pata para receber uma recompensa. Quando eles abriram a porta com a boca, o cão tinha que usar a mesma técnica.

Já um segundo grupo de cães tinha que aprender a usar o método alternativo, ou seja, se o proprietário abriu a porta com a mão, o cão tinha que usar a boca, e vice-versa.

Os cães que tinham que imitar a mesma ação, realizando-a como seu proprietário fez, aprenderam a tarefa muito mais rapidamente. Isso mostrou que os cães tinham uma predisposição para imitar a mão de seus donos, relacionando-a com a pata, e os movimentos da boca, relacionando-a com o focinho.

Os pesquisadores observaram que, porque os cães têm formas de corpo muito diferentes das pessoas, eles também tiveram de interpretar o que viam.

Este tipo de aprendizagem tem óbvias vantagens evolutivas para os animais. Eles podem aprender sobre determinados aspectos da vida sem ter que ser por tentativa e erro, que sempre vem com algum risco.

A nova evidência suporta a teoria de aprendizagem que sugere que um sistema de “neurônios espelho” e a capacidade de imitar são formados de acordo com o aprendizado e desenvolvimento do animal, ao invés de este sistema ser inato.

Fonte: http://hypescience.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...