Saturday, January 5, 2013

Belas Criaturas Marinhas Bioluminiscentes

Os pesquisadores estimam que entre 80 e 90 por cento dos habitantes das profundidades são animais bioluminosos, criando a luz através da mistura de pigmentos com a luciferina luciferase, a enzima que faz brilhar. A luz tende para o verde e azul, cores que viajam para longe no mar. A luminosidade ajuda a atrair parceiros, ludibriar predadores e confundir as presas. Muitos desses animais vivem a milhares de metros de profundidade e são difíceis de serem encontrados e estudados pelos cientistas.
1 - Caracol Clusterwink - Este caracol emite sua luz através de um reservatório de ampliação, fazendo-se parecer mais imponente.
2 - Atolla - Esta água-viva habitante do alto mar é conhecida por seu “sistema de alarme”. Ao ser atacada, ela deflagra uma exibição brilhante de luz que pode ser vista a uma distância de 300 metros.
3 - Lula Abraliopsis - Esta pequena lula possui órgãos luminosos na parte inferior do seu corpo para camuflagem. Ela usa essa iluminação para se misturar com a paisagem, escondendo a silhueta de predadores.
4 - Lula Vampiro - Nem polvo, nem lula. Este animal conhecido como “Lula vampiro” não tem bolsas de tinta – devido a pouca praticidade desta defesa em águas escuras. Quando está assustado, dispara uma nuvem de muco pegajoso bioluminescente, surpreendendo os predadores e ganhado uma oportunidade para escapar. Também possui fotóforos* localizados na barriga para disfarçar sua silhueta.

Fonte: Fishland
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...