Tuesday, January 8, 2013

Atividade física - Corrida - 4 passos para começar a correr

O esporte faz de você uma pessoa mais saudável, ajuda a manter a forma e a turbinar a autoestima e dá mais disposição para o dia a dia. Basta um bom tênis e a escolha de um local, como rua, esteira ou parque”, diz Ricardo Hirsch, diretor técnico da Personal Life Assessoria Esportiva, em São Paulo. Confira um manual com os quatros passos para se tornar um corredor, com dicas do mínimo que você precisa para uma prática segura e do que você pode fazer para obter o máximo de desempenho!
Saúde:  4 passos para começar a correr
 1º Passo - Vá ao médico
Não restam dúvidas de que a prática esportiva só traz benefícios à saúde. Mas você precisa ter certeza de que está apto a dar o primeiro passo. Marque um horário no cardiologista, que pedirá alguns exames para verificar como está sua saúde e determinar quais cuidados você deve ter antes de iniciar os treinos. "É preciso fazer uma avaliação criteriosa do paciente, como idade, sexo, se possui alguma doença, se ela está controlada ou não e se tem história prévia de alguma enfermidade, como enfarte", explica Silvio Reggi, cardiologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). 

2º Passo - Compre um bom tênis
Um bom tênis de corrida — Sim, tem que ser próprio para o esporte — é antes de mais nada confortável. “Caminhar e até correr um pouco com ele pela loja é ideal para sentir como será nos treinos”, diz Maurício Póvoa, ortopedista e médico do esporte da Clínica Orthobone, em São Paulo. Além de fazer esse breve test-drive, conhecer sua pisada pode melhorar seu desempenho e, em alguns casos, evitar lesões. Muitas lojas especializadas em corrida oferecem testes de pisada. 

3º Passo - Monte um treino
Para conseguir evoluir na corrida, atingir suas metas e evitar lesões, é preciso treinar com orientação. Ao começar a correr, o recomendado é que você procure a ajuda de um profissional de educação física, que vai elaborar um treino personalizado, levando em conta seu condicionamento e ambições. Pode ser o professor da academia em que você já está inscrito, desde que ele tenha conhecimento sobre corrida. Teste o profissional, faça algumas perguntas sobre o tema. Sentiu firmeza? Peça uma planilha. "No começo é normal que a evolução apareça rapidamente, e é nesse momento que a pessoa se empolga. Se não possui uma planilha, ela acaba cometendo exageros e as lesões logo aparecem, fazendo com que reduza os treinamentos ou até tenha que parar por algumas semanas ou meses", explica Ricardo Hirsch.

4º Passo - Monitore seu treino 
Precisar, não precisa. Mas que faz uma diferença, isso faz... Estamos falando do monitor cardíaco, popularmente conhecido como frequencímetro. O aparelho é composto de uma cinta com sensores colocada na altura do peito e um relógio que recebe as informações no visor. Você não depende dele para sair por aí dando suas primeiras passadas e sentir os benefícios da corrida. Mas acontece que boa parte das planilhas de treinamento leva em consideração as frequências cardíacas mínima e máxima em que o corredor deve permanecer para atingir melhores resultados.

Confira três dicas que deixarão sua rotina de treinos mais divertida e motivadora.
1 - Participe de uma prova
Em geral, depois de quatro meses de treino, você já está pronto para encarar sua primeira prova.  A distância indicada aos iniciantes é a de 5 km. "Procure uma prova bem organizada, ou seja, com postos de hidratação e com percurso relativamente plano e seguro, pois alguns lugares passam por ruas com buracos ou pisos irregulares".

2 - Monte uma playlist
A música certa na hora certa pode ajudá-lo a manter o ritmo e também serve como uma bela injeção de ânimo.

3 - Crie um grupo de corrida
Chame colegas de trabalho, amigos e parentes para praticar a atividade. A troca de experiência e convívio com outras pessoas que realizam o mesmo esporte pode ajudá-lo a manter a regularidade e evoluir. 

Fonte:  Exame abril
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...