Friday, October 12, 2012

Os 5 esportes mais radicais e perigosos do mundo

Os 5 esportes mais radicais e perigosos do mundo
Até agora restrita a poucas atividades e a poucos praticantes, o esporte radical ou de aventura  tem ganhado popularidade entre os simpatizantes de adrenalina e novas modalidades tem surgido nos últimos. Quando as modalidades são classificadas como esporte radical, isto significa um alto nível de risco inerente à sua prática e certamente não são para os fracos de coração!!!

Atualmente há cerca de 40 atividades (sem considerar as inúmeras variações) que se enquadram na classificação esporte radical, embora exista muita discussão sobre os níveis de riscos de cada variação. Destes 40 esportes, escolhemos cinco que são considerados como mais perigosos:

Mergulho em Caverna
Mergulho em Caverna
Considerado por muitos como o esporte mais perigoso, o mergulho em cavernas é um tipo de mergulho que não é apenas um desafio técnico, mas também uma atividade de extremo risco. O esporte é uma extensão da espeleologia e do mergulho e é realizado para a exploração de cavernas debaixo d'água, utilizando equipamentos específicos e exigindo um conjunto de habilidades técnicas do praticante. O perigo óbvio é que, devido ao teto da caverna, o mergulhador em caso de emergência não pode nadar verticalmente para a superfície, mas deve nadar por todo o caminho de volta. Má ou nula visibilidade e doença de descompressão são outros riscos ligados a este esporte.

Base Jumping
Base Jumping
Base Jump significa saltar de paraquedas de prédios, antenas, pontes e montanhas, ou seja, saltar de objetos fixos. Devido aos riscos óbvios ligados ao salto desse tipo, os praticantes iniciantes normalmente usam dois paraquedas (principal e reserva). Um estudo de 2002 revela que o esporte apresenta a estatística de 01 fatalidade para cada 60 praticantes.

Bungee jumping
Bungee jumping
Ao contrário do Base jumping, onde um paraquedas é usado, o Bungee jumping é um esporte radical que envolve saltar de uma estrutura alta ou até mesmo um helicóptero conectado a um cabo de grande elasticidade. Durante o salto, o cabo, geralmente ligado a pé do saltador, estica-se para reduzir a velocidade de queda do praticante a uma curta distância da superfície da terra ou água. O praticante é puxado novamente para cima e para baixo até que toda a energia é dissipada. Um risco comum envolvido no esporte é o encaixe do cabo, que na verdade tem sido o principal motivo de muitas fatalidades. Também há relatos de ferimentos graves quando o pescoço ou o corpo do saltador se enrola no cabo. 

Corrida de Motos
Corrida de Motos
Corrida de motos com todas as suas  modalidades de rua e de fora de estrada (trail, motocross) é, sem dúvidas, um dos esportes mais perigosos do mundo. O esporte é muito popular e atrai cada vez mais praticantes, fãs e espectadores. É um esporte extremamente exigente fisicamente e normalmente com muitas quedas, o que torna obrigatória a utilização de roupas e equipamentos com protetores especiais.

Surf em ondas gigantes
Surf em ondas gigantes
Surfar em ondas gigantes é realmente a modalidade mais perigosa de surf atualmente, onde os surfistas, com tamanhos variados de prancha de surf (dependendo do tamanho da onda e técnica individual), remam ou são rebocados por jet-sky para ondas com pelo menos 20 metros de altura. Perder o equilíbrio nesse momento pode significar ser empurrado pela força da água para até 20-50 metros abaixo da superfície, o que pode  provocar a ruptura de tímpanos, ferimentos graves ou mesmo a morte.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...