Friday, September 14, 2012

Mitos e verdades sobre saúde bucal

À medida que saem novos estudos sobre tratamento e prevenções de doenças, a conscientização sobre saúde bucal cresce. Muitas pessoas seguem à risca sua rotina de higiene diária. Acabam de comer e logo vão escovar os dentes para garantir que não sejam devorados pelas cáries. Claro que é preciso caprichar na quantidade de pasta de dentes, afinal, quanto mais, melhor. E para fechar com chave de ouro a escova precisa ter as cerdas bem duras para limpar de verdade.
Caso você tenha se identificado com esse passo a passo, saiba que pelo menos três detalhes fazem toda a diferença para garantir um sorriso saudável. As dúvidas vão muito além da escovação, como enxaguante bucal, cremes dentais clareadores, alimentos que podem prejudicar os dentes.
 
Para esclarece de uma vez por todas os mitos e verdade em torno da saúde bucal o cirurgião-dentista, Hugo Lewgoy, professor da Uniban, selecionou algumas dúvidas mais frequentes dos pacientes. “Alguns detalhes imprescindíveis podem prevenir ou erradicar a cárie e evitar outras doenças periodontais (que afetam as gengivas),” diz Lewgoy.
  Escova dura limpa melhor Mito. Escovas com cerdas duras agridem aos dentes e a gengiva. 
A escova mais indicada deve ser ultramacia e com grande quantidade de cerdas, 
que limpam melhor sem agredir o esmalte dos dentes e a gengiva
Foto: Shutterstock
 
Escova dura limpa melhor
Mito. Escovas com cerdas duras agridem aos dentes e a gengiva. A escova mais indicada deve ser ultramacia e com grande quantidade de cerdas, que limpam melhor sem agredir o esmalte dos dentes e a gengiva.
 
Escovar os dentes imediatamente logo após as refeições
Mito. Deve-se esperar, no mínimo, 30 minutos para escovar os dentes. É o tempo necessário para que a saliva possa agir e neutralizar o Ph dos alimentos e bebidas. O café, o vinho, o refrigerante e o suco de laranja, por exemplo, têm pH inferior a 5,0. Portanto, são ácidos e causam erosão, ou seja, perda da estrutura dental (cálcio). 
 
Usar grande quantidade de pasta dental
Mito. A escova com pasta dental desgasta mais o esmalte do que a escova sem pasta. Ela, na verdade, é desnecessária.  No entanto, caso seja utilizada, deve-se usar uma dose pequena, como o tamanho de uma ervilha, por exemplo.
 
É necessário escovar a gengiva e a língua
Verdade. Desde que seja com uma escova ultramacia para não causar uma retração gengival. Deve-se passar a escova 50% sobre a gengiva e 50% sobre a estrutura dental, em um ângulo de 45º. A língua também deve ser higienizada, pois é nesta região que as bactérias ficam alojadas. A higienização deve ser feita diariamente.
 
A higienização noturna é a mais importante
Verdade. À noite, quando a salivação diminui, deve-se fazer a escovação mais minuciosa, pelo menos por 10 minutos. No entanto, a língua é o melhor sensor para saber quanto tempo deve-se escovar os dentes. Deve-se passá-la em todos os dentes para sentir qual ponto falta fazer a higienização.
 
A escova interdental é mais eficiente do que o fio dental
Verdade. O fio é bom para remover detrito alimentar fibroso, como uma carne, por exemplo. Contudo, ele não limpa a região côncava entre os dentes. Por isso, deve-se usar a interdental, pelo menos uma vez ao dia. 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...