Wednesday, September 19, 2012

Mitos e verdades sobre o Chocolate

A nutricionista Sandra Passos fala sobre os benefícios de consumir este alimento tão gostoso.
Durante muito tempo o chocolate foi visto como o vilão da alimentação saudável. Agora, estudos científicos provam o contrário e apontam que o chocolate faz bem ao coração, graças aos antioxidantes presentes no cacau. Isso porque os antioxidantes têm flavonóides que evitam a oxidação do mau colesterol LDL nas artérias, aumentando o nível do bom colesterol.
Mas para ter esse efeito o chocolate precisa ser amargo e quanto mais escuro ele for, maior será o teor de cacau e menor o teor de açúcar e substâncias adicionadas, resultando em maior teor de flavonóides que promovem a saúde.
Além disso, os antioxidantes presentes no cacau ajudam a melhorar a função do sistema imunológico e reduzem a inflamação dos vasos sanguíneos. Conhecido como alimento do amor, o chocolate aumenta a produção de neurotransmissores do prazer, como a dopamina, serotonina e a endorfina.
O cacau em pó puro, sem adição de açúcar, é a melhor opção para aproveitar todos os benefícios do chocolate. Pode ser consumido com frutas e iogurte natural. Mas não se esqueça: embora seja  muito bom para a saúde, como todo alimento, deve ser consumido sem exageros.

No inverno é muito comum comermos mais do que o normal, ao contrário do verão, que ingerimos mais líquido. O chocolate é uma das principais guloseimas do inverno. Nada melhor do que uma barra do seu chocolate preferido depois do almoço ou um bom brigadeiro de panela para comer de colher enquanto você assiste um filme a tarde.

Alguns alegam que comer mais chocolate tem a ver com o frio mesmo, pois exige mais calorias do organismo para manter a temperatura corporal. Outros admitem que é impossível viver sem chocolate no frio e não resistem à guloseima. Tem gente que fala que o chocolate melhora o humor, principalmente das mulheres, na TPM (tensão pré-menstrual). Será que é verdade? Desvende abaixo os mitos e verdades que rondam essa guloseima.

Comer chocolate melhora mesmo o humor?
Verdade! A diferença é percebida quase de imediato. Quer saber o por quê? O cacau, matéria-prima do doce, é fonte de magnésio e triptofano, nutrientes que estimulam o organismo a produzir endorfina e serotonina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer, inibindo assim a agressividade.

A TPM estimula o consumo de chocolate?
Verdade!
Na semana que antecede a menstruação há vários fatores que ajudam mais ainda o consumo de chocolate. O hormônio estradiol, que aumenta a sensibilidade do paladar, é um exemplo. Para compensar a irritabilidade, as mulheres buscam o prazer em forma dos doces. O chocolate favorece o fluxo sanguíneo nas áreas de percepção do prazer no cérebro.
 
Chocolate aumenta a libido?
Mito!
Ainda não existe uma pesquisa científica que comprove isso. As pessoas acham que seja verdade, pois o chocolate proporciona uma sensação de bem-estar, o que deixaria o indivíduo predisposto para o sexo.

Chocolate no lugar do sexo?
Verdade! Isso já foi comprovado em uma pesquisa feita com 1500 britânicos, pela empresa de alimentos Cadbury. De acordo com o levantamento, 52% das mulheres e 13% dos homens preferem a guloseima à relação sexual. O que a maioria justifica é: com o chocolate o prazer é garantido.

Quanto mais amargo e escuro for o chocolate, mais saudável ele é?
Verdade! Chocolate amargo tem alta concentração de cacau e uma porcentagem reduzida de gordura, açúcar e leite. O chocolate extra amargo tem entre 75% e 85% de cacau; o amargo, entre 50% e 75%; e o meio amargo, de 35% a 50%. Os ao leite, variam entre 30% a 40%.

 Chocolate provoca acne?
Mito!
Essa é uma pergunta que ronda a maioria das meninas. Não há estudo que relacione o consumo de chocolate ao aparecimento de espinhas. O que pode causar essa impressão é que os alimentos gordurosos em geral aumentam a oleosidade da pele, que obstrui os poros favorecendo o surgimento de acne.

Não existem pessoas viciadas em chocolate?
Verdade! As concentrações de substâncias que causam dependência como a cafeína, tetrahidrobeta-carbolina, tiramina e feniletilamina são mínimas e incapazes de levar ao vício, mesmo comendo a guloseima muitas vezes por dia. O que pode acontecer é a pessoa comer demais o doce por questão psicológica, por ela ser fã do alimento, sabendo que o chocolate pode trazer um prazer imediato, recorrendo a ele nos momentos difíceis.

Se o chocolate estiver esbranquiçado, está estragado!
Mito! O tom acinzentado ou esbranquiçado indica que o doce foi exposto a diferentes temperaturas, fazendo com que a manteiga de cacau chegasse até a superfície do chocolate.
 
Consumir chocolate amargo reduz pressão arterial e risco de doenças cardiovasculares?
Verdade! Muito bom pra saúde, o chocolate amargo pode ser consumido todos os dias, no máximo 50 gramas, auxiliando no aumento do colesterol bom (HDL) e funcionamento dos vasos sanguíneos.

A versão diet é pra quem faz dieta!

Mito! O chocolate diet traz grande quantidade de gordura, sendo assim, altamente calórico, para compensar a falta de açúcar e garantir a textura e o sabor característicos.

Um dos sintomas de alergia ao chocolate é a tosse?
Verdade! A tosse é um dos sintomas, além de outros sinais como irritação na pele, no estômago e no intestino, e crises de enxaqueca. Fique atento!

Chocolate branco não é chocolate?
Verdade! Isso porque ele não contém cacau, a matéria prima para se fazer o verdadeiro chocolate. O chocolate branco é feito basicamente da manteiga extraída do cacau, leite em pó, baunilha, grande quantidade de açúcar e gordura saturada.

Bem, depois desta pequisa, eu até merecia um chocolate, né? rsrs


Fonte:  Sacada FashionCuriosando 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...